Prefeito de Areado pede mais parceria do Poder Legislativo

Publicado em 11/03/2018 - regiao - Da Redação

Prefeito de Areado pede mais parceria do Poder Legislativo

O governo federal está sinalizando com empréstimos aos municípios a juros reduzidos, através do BNDS - Banco Nacional de Desenvolvimento Social. O prefeito de Areado, Pedro Francisco da Silva (PR), confirmou que pretendia encaminhar projeto ao Legislativo local vislumbrando o empréstimo com valor em torno de R$ 7 milhões. A iniciativa tinha por finalidade justamente a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto. O valor seria diluído para todos aqueles que tem ligação de água e esgoto em suas residências, representando entre 5 e 6 reais por casa, com prazo de 30 anos. O valor total mensal estaria em torno de R$ 250 mil. 

Pedrinho revela que também havia encaminhado outro projeto, com valor em torno de R$ 1 milhão, para a aquisição de uma máquina Patrol e uma carregadeira, além de obra de iluminação do trevo da cidade. Com esta obra foi conquistada, restava somente o financiamento das máquinas. Mas o projeto também foi rejeitado. Com isso, acabou não encaminhando o projeto de R$ 7 milhões. “Se um crédito pequeno foi rejeitado, porque um crédito desta envergadura seria aceito?”, argumentou. Porém, esclarece que o crédito de R$ 7 milhões foi aceito e autorizado pelo BNDS. 

O prefeito ainda ressaltou que as máquinas pretendidas eram uma necessidade do município. A prefeitura conta apenas com uma máquina Patrol adquirida através do PAC 2, no governo Dilma. Assim, precisa de uma Patrol e carregadeira com urgência. “Sucateou demais. Foi uma irresponsabilidade muito grande do governo anterior”, criticou. Também lamentou que o seu governo está pagando a conta da irresponsabilidade do ex-prefeito. Houve, por exemplo, um aumento excessivo do salário do funcionalismo, sendo que hoje a atual administração está à mercê e sob as rédeas do Tribunal de Contas do Estado, com as mãos e pés amarrados. 

O chefe do Executivo declarou que a recuperação do município exigirá tempo, coragem e parceria com o Legislativo. Porém, revelou que esta parceria ainda não está acontecendo. Presente nas prestações de contas na Câmara, sempre cobra esta parceria. Ou seja, o companheirismo de cada vereador para que possa alavancar a administração e tirar Areado do marasmo em que estava. “Acho que os vereadores precisam olhar mais para o município. É preciso pensar em toda uma comunidade”, aconselhou.

ILUMINAÇÃO DO TREVO

A obra foi conquistada depois de uma luta de mais de vinte anos. O trabalho envolveu o deputado estadual Ulysses Gomes, bem como o governador Fernando Pimentel. Assim, os recursos de R$ 300 mil foram empenhados através do estado, com contrapartida do município no valor de R$ 150 mil. Até porque é pretendia uma área maior a ser iluminada. Pedrinho destacou que o deputado Ulysses Gomes conquistou um voto na comunidade e ajudou nesta importante conquista. “Os que tiveram muitos votos aqui dentro não nos ofereceram esta oportunidade”, ironizou. Os recursos serão liberados no final do mês de março ou início de abril, com expectativa do início das obras ainda no primeiro semestre.

ARNALDO E AELTON

Considerando as eleições deste ano, Pedrinho confirmou seu apoio aos deputados Arnaldo Silva (estadual) e Aelton Freitas (federal), que reconhece como companheiros de longa data. Revelou que deve muita gratidão ao deputado Arnaldo, sendo que foi o trabalho do seu escritório de advocacia que o colocou como prefeito. Já Aelton Freitas fez muito por Areado ao longo dos anos. Quanto ao governo estadual, pretende aguardar os acontecimentos para se posicionar.