Ministro da Saúde visita Santa Casa de Paraíso e anuncia R$ 2,5 milhões para cirurgias

Publicado em 14/02/2018 - regiao - Da Redação

Ministro da Saúde visita Santa Casa de Paraíso e anuncia R$ 2,5 milhões para cirurgias

A convite do deputado federal Carlos Melles, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, visitou, na sexta-feira (9), a Santa Casa de Misericórdia de São Sebastião do Paraíso, complexo que abriga diversos setores de média e alta complexidade, entre os quais o Hospital Regional do Coração - HRCor, referência do SUS para mais de 600 mil habitantes do Sul de Minas e Triângulo Mineiro. Na visita o ministro anunciou a liberação de R$ 2,5 milhões para um consórcio de municípios, que está sendo fortalecido para a realização de cirurgias eletivas.

O jato da Força Aérea Brasileira pousou no Aeroporto de Paraíso pontualmente às 16h00, trazendo a bordo o ministro, o deputado federal Carlos Melles, deputado estadual Antônio Carlos Arantes, prefeito Walker Américo Oliveira, de São Sebastião do Paraíso, prefeito Jarbas Côrrea Filho, de Guaxupé e seu vice Dr. Heber Quintella; além de assessores. A comitiva foi recebida por 12 prefeitos da região, vereadores, diretoria da Santa Casa – encabeçada pelo interventor Adriano Rosa Nascimento, dirigentes de hospitais, secretários de saúde, e lideranças regionais.

O ministro fez uma visita técnica às instalações da Santa Casa, hospital que recebeu no final do ano passado um incremento no valor anual de R$ 6.194.000,00, referente a serviços de atenção à saúde de média e alta complexidade, com a qualificação de 30 novos leitos clínicos de retaguarda, e reclassificação de 30 leitos antigos na UTI, e a classificação de 10 leitos existentes “O Ministério acreditou na Santa Casa, tivemos a força que o deputado deu pra gente como sempre, graças a Deus com todo esse trabalho, quero dizer uma coisa de coração: isso salvou esta instituição”, disse Adriano Rosa do Nascimento.

“Estamos aqui com tão boa quantidade de prefeitos, vereadores e lideranças. Essa Santa Casa teve uma intervenção com um grupo muito qualificado, mas a sua vinda aqui ministro, que é meu amigo querido, é simplesmente para dizer que o senhor salvou a Santa Casa, hoje é outro ambiente para servir quem mais precisa em toda região. Agradecemos a Deus, mas agradecemos também aos homens como o senhor que fazem esse trabalho acontecer”, disse o deputado Carlos Melles.

Em sua fala, o ministro Ricardo Barros se emocionou e tocou a todos. “Meu agradecimento ao Carlos Melles que me convidou para vir aqui em Paraíso, é um deputado muito amigo que me acompanha há 25 anos, desde que eu era prefeito de Maringá. Mas quero dizer que sou ministro do Presidente Temer, e este recurso na verdade não se deve a mim, mas ao governo ao qual estamos”, disse. Na sequência, o ministro disse que o ministério está atendendo a uma prioridade, apontada por todos e trabalhada pelo deputado Melles, olhando pelo bem da comunidade. “Toda autoridade vem de Deus, as pessoas se elegem com boa vontade, então as pessoas que assumem um mandato tem que seguir as diretrizes para qual foram eleitas. O eleitor sabe distinguir as pessoas que querem servir, daquelas que querem ser servidas”, disse.

COMPLEXO HOSPITALAR

Com mais de 12 mil m² de área construída, o Hospital da Santa Casa é um grande complexo, mas ainda assim o ministro fez questão de conhecer alguns setores. O ministro iniciou a visita pela portaria do Hospital Regional do Coração – HRCor, conhecendo a unidade de urgência e emergência, depois o setor de hemodinâmica, seguindo para as UTI´s geral adulto e cardiológica, passando pelos leitos de retaguarda, depois centro de hemodiálise, leitos de internação SUS, encerrando na antiga portaria da Santa Casa, onde descerrou uma placa comemorativa e de agradecimento.

Logo em seguida, o ministro recebeu as demandas de cada um dos 12 prefeitos, despachando pessoalmente com cada um, sinalizando caminhos para que os projetos tenham tramitação. Estavam presentes os prefeitos de São Sebastião do Paraíso, Guaxupé, Monte Santo de Minas, Claraval, São Tomás de Aquino, Cássia, Pratápolis, Jacuí, São Pedro da União, Capetinga, Arceburgo, e Bom Jesus da Penha.

 

NOVOS PROJETOS

Durante a visita, o interventor da Santa Casa, Adriano Rosa do Nascimento, formalizou ao ministro quatro novas solicitações de recursos para investimentos, numa parceria de trabalho com os deputados Carlos Melles e Antônio Carlos Arantes. Entre as novas demandas, está o término de uma grande ala de internação, no segundo pavimento, que abrigará 42 novos eleitos hospitalares. Também a solicitação de recursos para a construção e equipamento da nova lavanderia de porte industrial, e ainda recursos para a compra de equipamentos para a UTI. A estimativa é de que estes projetos exijam recursos da ordem de R$ 4 milhões, a serem trabalhados politicamente pelo deputado Carlos Melles, parlamentar que nos últimos anos foi o responsável pela transformação do hospital em todos os setores, com investimentos que hoje somam mais de R$ 31 milhões.

CIRURGIAS ELETIVAS

Um grande projeto de saúde pública em nível regional e que recebeu apoio imediato do ministro Ricardo Barros, visa o fortalecimento de um consórcio de municípios, com a missão de identificar a demanda reprimida da região a fim de gerar uma redução nas filas de espera por procedimentos cirúrgicos eletivos de média e alta complexidade.

“A nossa meta é elaborar uma rede interligada e informatizada onde o fluxo das cirurgias seja solicitado, programada e posteriormente realizada de forma agil, transparente e eficiente. Garantindo ao paciente todo ciclo necessário para a realização da cirurgia (consulta pré operatorio, consulta pré anestesica, procedimento cirurgico e o consulta pós operatorio). Dando autonomia ao gestor municipal para definição dos procedimentos cirúrgicos eletivos de média/alta complexidade a serem realizados, corresponsabilizando-os pelo controle e avaliação da execução destes procedimentos”, comentou o prefeito paraisense Walker Américo. O Consórcio deverá ter inicialmente a adesão de pelo menos 15 municípios.

“Estamos de corpo e alma neste projeto junto com os prefeitos, vamos procurar a todo custo reduzir o tempo de espera dos pacientes do SUS na realização de cirurgias eletivas, a fim de amenizar a angustia, podendo garantir uma assistência digna e de qualidade a população que é desprovida de recursos financeiros para atendimento na rede privada/convênios”, disse o deputado Carlos Melles, destacando que todos podem e devem constribuir neste projeto, que é em favor dos municípios e da saúde pública.

Chamando a atenção pela pontualidade, o avião conduzindo o ministro decolou de Paraiso por volta das 18h, conforme previsto em agenda. O ministro leva na bagagem uma série de projetos dos municípios da região, que agora serão alvo de atenção técnica e política junto ao Ministério da Saúde.

 

ASCOM - Paulo H. Delfante