Homens 'reais' são modelos em campanha que valoriza naturalidade e beleza comum em Juruaia

Publicado em 11/04/2018 - regiao - Da Redação

Homens 'reais' são modelos em campanha que valoriza naturalidade e beleza comum em Juruaia

Modelos fogem do padrão estético e mostram descontração em imagens que estão fazendo sucesso na internet.


Foi super divertido. Tive um pouco de vergonha no início, mas deu tudo certo”, conta o consultor de implantação Maylon Fernando dos Santos. Ele é um dos modelos de uma campanha bem diferente, que ressalta a beleza de "homens reais", para uma marca exclusiva de moda íntima em Juruaia (MG).

Maylon prestava serviços para a empresa, quando recebeu o convite da diretora, que procurava por modelos para o projeto. Apesar da vergonha inicial, topou participar. A sessão de fotos contou ainda com outros três homens. Para driblar a timidez, a descontração de todos foi essencial para que o resultado saísse como planejado.

Sem photoshop ou maquiagem, o ensaio mostra as "imperfeições" de cada um. A ideia é provar para o público masculino que não existe físico perfeito. A iniciativa é vista como positiva para muitos, especialmente para Maylon, que manda ainda um recado para todos os homens.

“Hoje não existe mais um padrão, um tamanho único. Cada um é de um tamanho e as cuecas não são feitas só para um modelo. Se os homens não tivessem mais vergonha ou ficassem fechados numa conchinha, seria melhor para todo mundo”.


O ensaio

A campanha foi composta, basicamente, por amigos e clientes da loja. Segundo a diretora da marca, Tânia Mara Rezende, a intenção era ser o mais fiel possível com perfil dos clientes, buscando por homens que encontramos no dia a dia. Nada de corpo de sarado de academia.

Resultado

Sucesso imediato, as fotos da campanha surpreenderam a todos, inclusive os modelos. Maylon, que não tinha comentado com ninguém, viu as postagens sendo compartilhadas até no grupo de amigos do futebol.

Apesar de ter visto algumas brincadeiras, o resultado geral foi bem positivo. “Esperávamos muito mais essa onda de trollar os amigos, mas vimos vários homens dizendo que queriam participar também”, revela Tânia.

O consultor tem se divertido muito com a fama e afirma aguardar pelo convite para desfilar na Felinju, onde é esperado um público de mais de 25 mil pessoas. “Vamos participar da Felinju, mas ainda não é certo o desfile. Até lá vou me preparando, mas será um prazer”, pontua.

Empoderamento

A ideia de mostrar a diversidade surgiu no ano passado, quando a marca trouxe mulheres de todos os tipos para participar do primeiro dia de desfiles da Feira de Moda e Lingerie de Juruaia, a Felinju.

Apesar de pensar no assunto há algum tempo, Tânia esperou pelo momento certo para abordar o tema. “São ondas de comportamento que mudam conforme o tempo. Estamos numa fase de quebra de preconceitos, e quisemos valorizar ainda mais a beleza real dos homens, independente se são magros, altos, baixos, mais velhos ou mais novos”.

Juruaia e Felinju

Juruaia é considerada a capital nacional da lingerie, e 3º maior pólo do país no mercado. São 1,5 milhão de peças confeccionadas que geram um faturamento mensal de R$ 15 milhões, e um PIB que cresce 30% por ano.

Em sua 21ª edição, a Feira de Moda e Lingerie de Juruaia (Felinju), acontece de 28 de abril a 1º de maio, e tem expectativa de público de 25 mil pessoas. Organizadora do evento, a Associação Comercial e Industrial de Juruaia (Aciju) espera um aumento de 15% a 20% nas vendas, com relação ao ano passado.


Por Gabriela Bandeira, G1