Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia pode ser emitido pela internet

Publicado em 08/02/2019 - regiao - Da Redação

Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia pode ser emitido pela internet

POÇOS DE CALDAS - Esta notícia interessa principalmente aos brasileiros que vão viajar ao exterior e que precisam do Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia – CIVP, documento solicitado em 135 países do mundo e que comprova que o cidadão foi imunizado contra a febre amarela, dentre outras doenças. Emitido gratuitamente pelo governo brasileiro, a novidade é que agora o processo para obtenção do Certificado pode ser feito integralmente pela internet. Antes, o viajante precisaria ir a municípios com a sala de certificação ou pagar as doses em clínicas particulares com licença para fazer a certificação. “Estávamos em processo para montagem de uma sala de certificação,  já que os moradores da cidade precisavam ir a Varginha ou a Campinas, ou ainda agendar este serviço nos aeroportos, antes do embarque. A possibilidade de obter este documento também de forma gratuita pela internet, sem dúvidas, facilitou muito este processo”, comentou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Juliana Loro Ferreira.

Como obter o CIVP

A emissão do CIVP de forma eletrônica já está disponível na plataforma de serviços do governo federal, em www.serviços.gov.br e a solicitação pode ser feita tanto por meio de computadores, quanto por dispositivos móveis. Após o cadastro na plataforma, é necessário seguir um passo a passo:

1 – Fazer login com CPF e senha cadastrada.

2 – Em seguida digitar a solicitação do serviço – Certificado Internacional de Vacinação.

3 – Clicar no botão – Solicitar.

4 – Preencher os dados pessoais solicitados.

5 – Anexar arquivo de imagem ou cópia digitalizada do documento oficial, que pode ser passaporte, carteira de identidade ou certidão de nascimento.

6 – Preencher os dados da vacina – lote e data da aplicação.

7 – Anexar arquivo de imagem ou cópia digitalizada do comprovante de vacinação nacional com os dados completos – nome completo, nome da unidade onde foi aplicada a vacina, data da vacina, nome do fabricante da vacina, número do lote da vacina e assinatura do vacinador.

8 – Após preencher os dados e anexar os arquivos, o cidadão deverá finalizar e encaminhar a solicitação para análise. Um e-mail confirmará o recebimento do pedido e o prazo de até cinco dias úteis para o resultado.

Com o pedido deferido, o certificado será enviado via e-mail, em anexo no formato pdf, que deverá ser impresso em folha de papel A4 e assinado. Em casos de parecer negativo ao pedido, as orientações de quais procedimentos adotar também seguirão via e-mail.

O cartão internacional de vacinação não tem prazo de validade. O tempo para emitir o documento varia entre dois e sete dias corridos, mas a vacina deve ser tomada com pelo menos dez dias de antecedência da viagem internacional como forma de garantir a imunização.

Antes de solicitar o CIVP é muito importante verificar se a carteira de vacinação está atualizada. Para isso, basta procurar uma das 18 salas em funcionamento em Poços. O atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 16h30. No caso de extravio da carteirinha, é necessário procurar a sala onde normalmente é atendido, para solicitar a segunda via do cartão de vacinação.

A emissão do CIVP continua disponível também presencialmente, nos postos da Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária e de unidades públicas e privadas credenciadas.


ASCOM