Vereador esclarece sobre escola e anuncia recursos em Cabo Verde

Publicado em 04/12/2016 - legislativo - Da Região

Vereador esclarece sobre escola e anuncia recursos em Cabo Verde

Os vereadores apresentaram requerimentos, rebateram críticas e anunciaram novas conquistas. Estes foram os destaques da reunião do Legislativo de Cabo Verde no dia 28 de novembro.

VEREADOR ELEITO - O vereador Ademir Antônio Coutinho cumprimenta o vereador eleito Vitor Expedito Megda, presente na sessão, parabeniza-o por ter sido eleito e pela representatividade que assumirá a partir de janeiro de 2017 perante a comunidade caboverdense. E, principalmente, junto à comunidade do bairro Coelhos. Desejou sucesso na nova empreitada, se colocando à disposição para ajudar e partilhar conhecimentos e informações adquiridas no decorrer de sua carreira política.
O vereador Adriano Lange Dias cumprimentou o vereador eleito pelo PMDB, Vitor Expedito Megda, o popular “Vitinho Megda” do bairro Coelhos, que acompanhava a reunião. Contou que todos os candidatos a vereadores eleitos, o prefeito e vice-prefeita tiveram na sexta-feira (25/11/2016) suas prestações de contas aprovadas, o que os torna aptos a serem diplomados em data a ser marcada pelo juiz eleitoral. Desejou boas vindas ao vereador eleito Vitinho Megda, que possa executar um bom trabalho no Legislativo e que de fato represente o povo de Cabo Verde e principalmente seu bairro que é sua base.
O Vereador Vanderlei Aparecido Braga também cumprimentou o vereador eleito Vitor Espedito Megda, desejando-lhe as boas vindas e que nos próximos quatro anos possa exercer um bom trabalho na Casa Legislativa, não só em prol do Bairro Coelhos, mas para todo Município.

SINALIZAÇÃO - Em seguida, Adeemir solicitou a reinstalação de uma placa de sinalização, indicando “parada obrigatória” no entroncamento da estrada rural que dá acesso ao Distrito de Serra dos Lemes, próximo a propriedade do Sr. Mário. Lembrou que em mandato anterior fez a solicitação da instalação de placa para quem vem do sentido do asfalto da cerâmica e vai para o Distrito de Serra dos Lemes, ressaltando que o fluxo maior de veículos é para quem vai de Cabo Verde para o Distrito. No local já aconteceram alguns acidentes, pois a pessoa sai da ramificação do entroncamento e entra na via principal em alta velocidade, ocasionando acidentes. Disse que quando solicitou a implantação desta placa foi prontamente atendido e a partir daí proporcionou uma maior segurança aos condutores e moradores próximos ao local. Mas naquele dia ao passar pela estrada de manhã quase se envolveu em um acidente com um condutor de uma moto, pois o mesmo não promoveu a parada obrigatória. Assim, ao se atentar ao perigo por que passaram, percebeu que a placa antes instalada não se encontra mais no local, pois fizeram um desaterro perto da estrada onde estava instalada a placa e não a recolocaram após o término do serviço. Assim, pediu que o líder do prefeito na Câmara, o vice-presidente e Juscelino Tereza que possuem um maior contato com o prefeito, intercedam junto e ele, para que promova esta reinstalação desta placa indicando parada obrigatória com a máxima urgência, pois trata-se de um serviço simples, a placa já está lá, e com isso evitará problemas futuros em decorrência de acidentes.

ESCOLA EM SÃO BARTOLOMEU - O vereador Adriano Lange Dias explicou que seu pronunciamento seria mais a título de informação a todos que o indagaram a respeito da escola do Distrito de São Bartolomeu de Minas, pois trata-se de um tema que ultimamente tem sido bastante questionado pelos moradores, tratando-se de uma reforma necessária na referida escola. Mas antes lembrou que bem no início da atual gestão, no ano de 2013, foi protocolado junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o pedido de uma escola nova, a ser construída no Distrito de São Bartolomeu de Minas, em meados de setembro de 2013. Consultando o sistema e vislumbrando a possibilidade da aquisição desta obra, mesmo diante de algumas exigências, tiveram a oportunidade de irem pessoalmente, o Sr. Prefeito Édson, Vice-Prefeito, Sr. Reginaldo, o engenheiro da Prefeitura e ele (vereador Adriano), na época como Presidente da Câmara, ao Departamento do FNDE, no setor de engenharia principalmente, tentando agilizar alguns procedimentos para que o município fosse contemplado com a tão sonhada escola a ser construída no Distrito, através de um convênio com o Governo Federal, em moldes parecidos com a aquisição e construção da Casa da Criança Feliz. Porém ao iniciarem a conversa, os representantes do Departamento foram categóricos ao dizer das dificuldades de conseguir firmar este convênio e conseguir estes recursos. Um dos principais fatores exigidos para que se conseguisse a assinatura deste convênio seria um terreno de cinco mil metros quadrados. Na ocasião, apresentaram o terreno que o município possui no Distrito de São Bartolomeu de Minas, que fica do lado de cima da quadra de esportes. Porém, o terreno é íngreme e para se fazer uma terraplanagem no local, necessitou da análise de um topógrafo, maquinista experiente em fazer este tipo de serviço, com maquinário grande e adequado para verificarem esta possibilidade. Já do lado de baixo teria que fazer um talude muito alto e do lado de cima ficaria um barranco muito alto também, diante da irregularidade do terreno, o que não seria aprovado pelo FNDE. E diante deste problema, este sonho de uma nova escola já começou a ser inviável a partir do terreno disponível. Mesmo assim, protocolaram toda documentação disponível e se comprometeram a dar um jeito de fazer a aquisição de um terreno apropriado. Disse que iniciaram algumas negociações com vizinhos do terreno existente, porém sem sucesso, e nunca mais o FNDE se pronunciou sobre o assunto, e muito menos o Ministério da Educação. Até nos dias de hoje, nunca mais se ouviu falar nada sobre este assunto. Acontece que a escola existente no Distrito necessita de reforma, no telhado e em salas de aula. Necessita também de adequações relacionadas a acessibilidade. Mas vem se aumentando muitas conversas e algumas pessoas que utilizam-se do facebook, meio este de comunicação que aceita tudo, onde uma pessoa cita que a Administração teve a oportunidade de receber uma escola de um milhão e trezentos e cinquenta mil reais, mas que não pode ser construída. Ou o convênio não foi consumado, por conta de uma contra partida do município de aproximadamente sessenta mil reais. Ou seja, o município na língua deste indivíduo, deixou de receber esta escola de um milhão e trezentos e cinquenta mil reais porque não teria como bancar esta contrapartida de sessenta mil reais. Trata-se de um fato mentiroso, um fato de quem na verdade não tem o que fazer e que já pudemos observar em outras oportunidades, que a função deste cidadão é só ficar no facebook falando coisas contrárias e apontar defeitos em tudo que a atual Administração venha fazer ou deixar de fazer. Adriano justificou que estava prestando este esclarecimento sobre a escola do Distrito não pelo fato deste comentário feito no facebook, pois não tem o hábito de ficar no facebook discutindo com ninguém. Até porque respeita todas as opiniões, e quando as pessoas se manifestam em qualquer meio, seja virtual ou escrito, se manifestam por livre vontade e responde por tudo o que escreve. Mas quando os munícipes questionam determinado fato, é preciso justificar e mostrar a real e verdadeira situação e que não é daquela forma que aquela pessoa mentirosa está falando. Assim, diz que estas suas palavras são para que fiquem registradas, pois, esta escola de um milhão e trezentos e cinquenta mil reais, talvez ainda vá chegar o Ofício informando ou talvez já até chegou para esta pessoa que não é nem político, porque para o Prefeito e no Legislativo este Ofício ainda não chegou, conforme todas assinaturas de convênio são informados aos dois Poderes. Talvez este cidadão já tenha sido informado pelo FNDE e por isso fala, e fala da forma que quer, aquilo que acha que convém, sem olhar a trave ou o cisco que está no próprio olho, porque é muito importante, além de falar, observar esta questão, a sua conduta pessoal nos seus empreendimentos, nos seus negócios, é preciso observar, porque talvez tenha algo que não condiz com a legalidade que deveria. Disse que estava fazendo o esclarecimento, tendo em vista que este comentário partiu do cidadão Henrique Palma. Deixou claro, que não está respondendo o comentário para ele e sim para as pessoas que lhe questionaram sobre o assunto a partir desta publicação mentirosa no facebook. Diz que o Sr. Prefeito já abriu uma Licitação, que já tem a empresa vencedora, se não lhe falha a memória é empresa Casa Nova, a qual fará todo o madeiramento (telhado) da escola citada, a partir do dia quinze de dezembro, tão logo se iniciem as férias, a obra será iniciada, a obra está orçada em quarenta e oito mil e novecentos e treze reais. Salientou que é um serviço necessário, pois em épocas chuvosas muitos problemas são ocasionados dificultando a realização das aulas devido as goteiras. Disse que não é uma contra partida de sessenta mil reais pelo município que inviabilizaria um recurso de um milhão e trezentos e cinquenta mil reais, jamais, pois os municípios hoje são carentes de recursos, ainda mais diante da realidade de crise financeira que estamos vivendo. Convênios que foram assinados há dois anos atrás começam a ser liberados e outros nem se sabe se vão ser liberados, imaginem os convênios recentes, não há muitas perspectivas de melhoria neste cenário, temos que aguardar. Disse ainda que no dia quinze de dezembro se iniciará o processo de reforma da escola que é utilizada por todas aquelas crianças do Distrito de São Bartolomeu de Minas e região, pedido este esperado e tão sonhado por todos.

NOVOS RECURSOS - O vereador Adriano Lange Dias ainda comunicou o recebimento de emenda do ex-deputado Geraldo Tadeu, num valor de quatrocentos e oito mil reais, onde a primeira parcela de oitenta e um mil e seiscentos reais já encontra-se na conta da prefeitura e as outras duas parcelas de igual valor serão depositadas nos próximos dois meses. Este recurso será destinado a tão sonhada Unidade Básica de Saúde (UBS) do Bairro Coelhos. Foram depositados também na Conta do Município noventa e um mil, novecentos e oitenta e cinco reais destinados a compra de equipamentos para a UBS a ser construída. Lembrou que no passado já encontraram dificuldades quanto a aquisição de equipamentos para mobiliar as UBS construídas, pois terminava-se a construção e não havia recursos para os equipamentos e para satisfação desta vez já estão disponíveis também os recursos para a aquisição dos equipamentos. Após o término da obra, a mesma já poderá ser equipada beneficiando a população do Bairro e região. Deixou seus agradecimentos ao Deputado que na época fez esta indicação e ao Sr. Prefeito pela conquista, que veio em boa hora. Trata-se de uma coisa positiva e muito importante para o Município e para as pessoas que serão beneficiadas. Outro valor de cento e noventa e cinco mil reais destinado pelo Deputado Bilac Pinto ao Município, e que já está na conta da Prefeitura, também será utilizado para compra de equipamentos para área da saúde. Disse ainda, que o Deputado Emidinho Madeira havia destinado um valor de quarenta mil reais para compra dos brinquedos do parquinho infantil da Cidade e na época solicitaram que fosse feita a abertura da conta para depósito deste recurso e posteriormente suspendeu-se os depósitos por parte do Governo, encerrando-se a conta. E agora foi solicitado novamente a reativação da conta, o que foi feito e tudo indica que ainda nesta semana este recurso de quarenta mil reais será depositado para aquisição de novos brinquedo para o parque infantil central cidade. Disse que deixou registrados estes comunicados, porque sempre são faladas as coisas negativas e quando acontecem coisas positivas não se pode deixar de publicá-las também, para que as pessoas tomem ciência que mesmo diante das dificuldades, algumas coisas boas tem acontecido e sido revertidas em grandes benefícios para comunidade de Cabo Verde.

PEDIDOS - O vereador Vanderlei Aparecido Braga reiterou pedido de instalação de um braço de iluminação pública em um poste localizado na Rua Joaquim Cândido, no Distrito de Serra dos Lemes. Disse que há mais de um ano vem fazendo esta solicitação, mas infelizmente até hoje não foi possível realizar esta instalação. Salientou que a mesma se faz necessária, pois existem duas casas no local, e os moradores pagam taxa de iluminação pública, sem usufruir desta iluminação. Em uma destas casas reside uma criança especial e esta falta de iluminação dificulta muito sua locomoção quando anoitece. O outro pedido é com relação a restauração de uma placa de inauguração da instalação de água no Distrito de Serra do Lemes, próximo do “Sr. Zé Gotinha”. Este é um pedido dos moradores e do Sr. João Batista de Moraes que participou da implantação deste sistema de água no Distrito. Disse que as placas foram removidas do local em gestão anterior. Assim, pede a recolocação destas placas. Acrescentou que no bairro São Miguel, mais precisamente no local denominado Angá existe uma barranco que está cedendo e deslizando dentro da estrada e está prejudicando o tráfego de veículos. Assim, pediu que seja removida esta terra o mais rápido possível, para que os automóveis possam transitar pelo local.