Câmara de Muzambinho aprova a criação de 30 cargos na área de saúde

Publicado em 11/03/2018 - legislativo - Da Redação

Câmara de Muzambinho aprova a criação de 30 cargos na área de saúde

Confira os principais temas debatidos pelos vereadores de Muzambinho durante a reunião ordinária da Câmara Municipal no dia 05 de março.

JOTA MARIA E A SANTA CASA

O presidente Jota Maria (PSD) solicitou o envio de requerimento à Copasa relatando a constante falta de água em diversos bairros da cidade. Segundo tomou conhecimento através de um funcionário da Copasa, o encanamento está totalmente danificado e a situação deverá piorar. Assim, pediu empenho da Copasa no sentido de promover a troca do encanamento. Em seguida, Jota Maria manifestou satisfação com um projeto de arborização em rua próximo ao bairro Quinta da Bela Vista. Destacou que a cidade está precisando de árvores em diversos locais, inclusive na Av. Dr. Américo Luz. Lembrou projeto aprovado no ano passado para o plantio de citronelas, mas que não foi implantado. Cobrou a implantação de palco na Av. Dr. Américo Luz nos finais de semana, conforme projeto já aprovado. O vereador também reivindicou a colocação de cascalho e serviço de limpeza na rua que dá acesso ao Distrito Industrial. Reivindicou o serviço de limpeza no bairro Brejo Alegre, o que deverá acontecer nos próximos dias. O presidente anunciou que em breve será criado o projeto “Cidade limpa – grama sem terra e sem lama”. A nova lei deverá autorizar o plantio de grama em terrenos baldios. A liderança ainda comentou a possibilidade e interesse de resgate da marca do Doce de Leite Muzambinho.

Jota Maria ainda pediu uma conversa com a Comissão de Saúde da Câmara. Isto para buscar uma ação efetiva, pois a Santa Casa continua realizando cirurgias sem acompanhantes. “Não deram nem bola para aquilo que foi colocado no jornal e que o povo chorou”, disse. João Pezão sugeriu o corte do repasse da prefeitura para que a reivindicação seja atendida. Mas Jota Maria defendeu a “bandeira branca” para que a reivindicação seja atendida. Também cogitou a realização de audiência pública para debater as questões que envolvem a Santa Casa. Dr. Vicente sugeriu que a comissão busque o consenso através de uma reunião com a diretoria da Santa Casa. Até porque a entidade age dentro da lei, mas um entendimento é possível.

PRAÇA ATRÁS DA MATRIZ

O vereador Baiano (PP) relatou reclamação dos moradores da Baixada pela falta de iluminação e banheiros na praça que fica atrás da Igreja Matriz. O padrão colocado não foi ligado até o momento, gerando transtornos e constrangimentos com atos ilícitos no período noturno. O vereador pediu que providências sejam tomadas, enquanto não é executado projeto de revitalização no local.

SEGURO DE VIDA

O vereador Fernando da Saúde (PR) revelou ter tomado conhecimento de que não foi renovado o seguro de vida dos servidores públicos municipais. Assim, apresentou requerimento para que o Executivo tome as devidas providências, considerando a extrema necessidade. O mesmo vereador pediu melhor sinalização em rua do bairro Por do Sol, onde estão acontecendo alguns acidentes de trânsito.

MELHOR SECRETÁRIA DA HISTÓRIA

O vereador João Pezão (PSC) agradeceu a Secretária de Limpeza Pública, Ione Teixeira. Considerou a referida secretária uma das melhores da história de Muzambinho no primeiro mandato do prefeito Esquilo. Hoje, atendendo pedido, fará limpeza na Rua Nicolau Introncaso. O vereador defendeu a criação de uma equipe exclusiva para manutenção de ruas. Também reivindicou limpeza no jardim do fim da Rua do Rosário. João Pezão ainda anunciou a conquista de convênio para pavimentação de uma rua na Barra Funda no valor de R$ 80 mil, com contrapartida de R$ 814,00. Novamente agradeceu o deputado federal Aelton Freitas pela destinação de R$ 100 mil em equipamentos de esportes e três Academias ao Ar Livre.

VISITAS AOS BAIRROS

O vereador Daniel Ferraz (PTB) relatou visita que fez no final de semana ao bairro Córrego dos Leite, quando moradores reivindicaram obras de iluminação pública. No bairro Três Barras, moradores cobraram serviço de patrolamento nas estradas rurais. No bairro da Laje, vários moradores perguntaram sobre o valor das fossas sépticas ecológicas, demonstrando grande interesse. Também visitou o novo loteamento Parque do Ipê, parabenizando a Família Santini pelo empreendimento. Visitou o bairro Guatapará, pedindo melhorias. Agradeceu a colocação do cascalho na rua do Velório. Daniel Ferraz também comentou indicações de sua autoria apresentadas na reunião.

BOM TRABALHO NAS ESTRADAS

O vereador Afrânio Verdureiro (PROS) agradeceu o Secretário Nicolau (estradas) e Valdirei Moraes pelo atendimento de pedidos e bom trabalho realizado. Lembrou que no ano passado pediu um relatório para saber as condições de tratamento de esgoto. Como não obteve resposta, apresentou novamente a solicitação. Em seguida, pediu a execução do serviço de patrolamento na estrada do bairro Brumado.

CONTRATAÇÕES PARA A ÁREA DE SAÚDE

Em regime de urgência especial, a Câmara de Muzambinho aprovou três projetos importantes nesta semana, sendo que dois geram criação de 30 cargos na administração. Todos os projetos tiveram unanimidade na votação, mostrando união envolvendo o poder Legislativo. 

O primeiro projeto (nº 3.914/2017), autorizou o município a receber imóvel da União situado na Praça Pedro de Alcântara Magalhães, sob concessão de uso gratuito. O imóvel pertencia a Cemig (foto abaixo) e conforme o vereador Carlos Hebert (Baiano) está avaliado em quase R$ 3 milhões. Baiano foi ainda mais longe durante votação de projetos na área de saúde ao afirmar que Sérgio Esquilo “será o primeiro prefeito a ser reeleito na história de Muzambinho”.

Outro projeto (nº 64/2018) cria 05 cargos de provimento efetivo de Nutricionista, Educador Físico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Psicólogo e Terapeuta Ocupacional. Todos serão integrados ao NASF – Núcleo de Apoio a Saúde da Família, criado e custeado pelo governo Federal através do Ministério da Saúde. Os profissionais deverão cumprir 40 horas semanais, ter nível superior e salário base de R$ 3.186,21. 

Também foram criadas, através do projeto nº 65/2018, 25 vagas de provimento efetivo para os cargos de Médico, Enfermeiro, Agente Comunitário de Saúde e Técnico em Enfermagem. Serão doze vagas para Agente Comunitário de Saúde (salário de R$ 1.278,90); quatro vagas para Enfermeiro (salário de R$ 3.186,21); quatro vagas de Médicos de PSF (salário de R$ 14.035,67) e cinco vagas para Técnico em Enfermagem (salário de R$ 1.375,87).    

Segundo justificativa da Administração, o município tem realizado inúmeros esforços para atender ao preceito constitucional e respeitar os usuários da saúde do Sistema Único (SUS). O governo municipal busca estruturar as equipes da saúde da família não só com equipamentos e materiais em quantidade e qualidade condizentes, mas especialmente para não deixar a área da saúde sem recursos humanos. 

SITUAÇÃO E OPOSIÇÃO

Durante a votação, o vereador João Pezão parabenizou o prefeito pela valorização e transformação na saúde de Muzambinho. E pela influência junto aos órgãos federais e estaduais nas conquistas viabilizadas. O vereador Afrânio Verdureiro destacou a importância da Câmara como peça fundamental na votação dos projetos. Já Daniel Ferraz afirmou que a oposição na Câmara teve participação durante o ano passado. “O Esquilo nunca teve uma oposição tão afim de ajudar a população”, disse.