Cemig moderniza lavanderias de hospitais públicos e filantrópicos do Estado

Publicado em 05/11/2018 - geral - Da Redação

Cemig moderniza lavanderias de hospitais públicos e filantrópicos do Estado

Ações de eficiência energética devem contribuir para economia de energia das instituições de saúde 

A Cemig, por meio do Programa Energia Inteligente, está investindo mais de R$ 1 milhão na substituição de 17 secadoras de roupas ineficientes em hospitais públicos e filantrópicos. No período de 30 de outubro a 6 de novembro, 8 instituições de saúde localizadas nos municípios de Baependi, Bom Despacho, Carlos Chagas, Diamantina, Pará de Minas,  Santos Dumont, Três Pontas e Uberaba, em Minas Gerais,  serão beneficiadas com as primeiras secadoras estregues na ação de eficiência energética.  

No Sul de Minas, a Cemig entregou, no dia 30 de outubro, duas secadoras de roupas com capacidade para atender cargas de 25 e 50 kg, para o Hospital Cônego Monte Raso, em Baependi. A Santa Casa de Misericórdia de Três Pontas também recebeu duas secadoras, com capacidade para 50kg cada. Foram empregados recursos superiores a R$ 250 mil na aquisição destes equipamentos. 

As novas secadoras devem oferecer mais agilidade aos processos hospitalares e contribuir para a redução do consumo de energia, conforme afirma o engenheiro de eficiência energética da Cemig, Fernando Queiroz. “Esses modelos de secadoras são desenvolvidos com tecnologias capazes de evitar o superaquecimento, característica fundamental para a conservação das roupas e, principalmente, para a segurança dos profissionais da saúde”, explica. 

Com a iniciativa, a Cemig busca, ainda, contribuir para que os hospitais reduzam a parcela do orçamento destinada à conta de energia e ofereçam mais conforto em suas instalações. Para isso, além das secadoras, a Cemig está substituindo equipamentos de esterilização de materiais cirúrgicos (autoclaves) e o sistema de iluminação de hospitais. 

De acordo com o engenheiro Fernando Queiroz, somente a mudança das lâmpadas, por exemplo, contribui para uma melhoria de até 40% na qualidade da iluminação, o que garante mais qualidade vida às equipes técnicas dos hospitais, pacientes e visitantes.

 

Programa Energia Inteligente e saúde

As ações do Programa Energia Inteligente em hospitais resultarão, ao longo do biênio 2019 e 2020, na substituição de 97 secadoras, 71 autoclaves e na modernização da iluminação de 73 hospitais. Além disso, o Programa prevê a implantação de focos cirúrgicos – lâmpadas utilizadas em procedimentos de alta complexidade – e de sistemas de geração fotovoltaica. Os recursos destinados ao atendimento dessa demanda devem ultrapassar R$ 40 milhões.

ASCOM