Matriz Nossa Senhora da Assunção de Cabo Verde: Momentos de emoção e gratidão durante missa especial de reinauguração

Publicado em 06/10/2018 - especial - Da Redação

Matriz Nossa Senhora da Assunção de Cabo Verde: Momentos de emoção e gratidão durante missa especial de reinauguração

A Igreja Matriz Nossa Senhora da Assunção, linda e original, foi devolvida a comunidade, após passar por um período de restauração, na sexta-feira (28/09), quando aconteceu uma belíssima missa de inauguração dirigida pelo Bispo Dom José Lanza, Pe. Rovilson Ângelo da Silva (novo administrador paroquial) e padres da Diocese de Guaxupé, além de um grande número de fiéis. Foram momentos de muita alegria, emoção e gratidão a Deus pela conclusão do sonho do saudoso Pe. Henrique Neveston.

UM POUCO DA HISTÓRIA

A Matriz passou por modificações em 1914 quando o telhado e parte da Igreja vieram abaixo. Em 1944 sofreu uma alteração de cerca de 90%, sendo retiradas as colunas barrocas em madeiras. Desta reforma somente 10% da Igreja restaram da centenária Igreja Matriz, inclusive recebendo uma torre redonda. 

Em 1957 com então Frei Lauro e a insatisfação dos fiéis a Igreja recebeu nova planta com um acréscimo de 10 metros e uma nova torre puxada para o neogótico e com muitos detalhes.  A planta naquela época segundo relatos era de uma Igreja construída em Niterói-RJ (Fonte: livro tombo da Paróquia).

A nova edificação não trazia mais a originalidade nem remanência das outras construções, porém a Igreja terminada em 58 ficou linda. Desta reforma até os dias atuais, não houveram grandes reformas e sim algumas alterações, como troca do telhado de barro por telhas galvanizadas, troca das portas em madeiras por esquadrias de metal, retirada de uma das tesouras artesanais por um arco no presbitério, demolição do altar antigo e confecção de presbitério mais alto sem altar e permaneceram os dois úlpitos.

A nova restauração contou com projetos elaboradores por profissionais competentes, com aprovação do projeto pelo arquiteto da diocese de Guaxupé.

Foram ao todo mais de 20 profissionais envolvidos em deixar esta obra maravilhosa sem perder suas características históricas e ao mesmo tempo com as características da cultura atual.

A restauração foi um sonho do Pe. Henrique Neveston, que durante 10 anos projetou a obra, sendo iniciada e concluída com apoio de todos os paroquianos, que mostraram que a união faz a força e a luta, desgaste e o sonho do saudoso Pe. Henrique não foi em vão.

Ao final da missa, foi descerrada na entrada da igreja,  a placa da revitalização da Matriz Nossa Senhora da Assunção pelo Bispo Dom José Lanza, Pe. Rovilson Ângelo e Luiz Carlos Ribeiro (integrante da CPP).