COLUNA MG (02 de Julho)

Publicado em 02/07/2018 - coluna-minas-gerais - Da Redação

COLUNA MG (02 de Julho)

Associação implanta Câmara das Mulheres

            A Associação Comercial  e Empresarial de Teófilo  Otoni - ACE-TO, promoveu um evento dedicado à  mulheres empreendedoras,  mulheres que fazem a diferença, que participam no  dia a dia no crescimento da  cidade e região. O encontro foi com a presidente da  Federaminas Mulher, Yêda Fernal.  O presidente da ACE-TO, Ricardo Bastos Peres destaca que a Federaminas (Federação das Associações  Comerciais e Empresariais  do Estado de Minas Gerais)  tem um trabalho com mulheres empreendedoras de  Minas Gerais que chama  "Câmara das Mulheres  Empreendedoras". Todas as associações  comerciais estão implantando essa Câmara com  as mulheres das suas cidades. (tribuna do Mucuri)

 

Catas Altas troca iluminação pública

            A Prefeitura de Catas  Altas iniciou a reestruturação do Sistema de Iluminação Pública do município. De acordo com o  projeto, serão feitas substituições das estruturas  existentes, incluindo postes, cabos, reatores, transformadores, além das  lâmpadas que serão trocadas por LED com garantia  de cinco anos. Do total de  900 pontos na sede e no  distrito do Morro D'Água  Quente, serão substituídos quase 450 na primeira  etapa do projeto. As obras  devem durar aproximadamente seis meses.  A ação vai implicar em um  investimento de pouco  mais de 1,1 milhão e visa  modernizar o sistema de  iluminação pública da cidade. (Jornal O Espeto - Marina)

 

Legislativo busca permissão para transporte

            Na última sessão da Câmara Municipal, o vereador Giulliano Sousa Rodrigues "Tibá" (PTC) apresentou projeto de Lei que autoriza a remoção de pacientes atendidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde) para hospitais particulares por meio de ambulâncias cedidas pela prefeitura. Caso a lei seja aprovada, as pessoas socorridas pelo SUS terão direito de ser removida a hospitais privados mediante registro de boletim de ocorrência pela equipe de atendimento. Sobre a justificativa da matéria, o edil disse que Araguari existe uma lei que não permite a ambulância da prefeitura encaminhar um paciente da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para um hospital particular. (Gazeta do Triângulo - Araguari)

 

Melhorias no transporte não acontecem

            Prestes a completar dois anos em vigor, o contrato para exploração do serviço de transporte público no município não resultou nas melhorias esperadas pela população de Juiz de Fora. Ao longo deste período, iniciado em setembro de 2016, os consórcios vencedores da licitação pública teriam que desenvolver uma série de mudanças estruturais, em conformidade com as determinações da Settra. Porém, faltando pouco mais de dois meses para atingir o período inicial de 24 meses de operação, o sistema está com 28 ônibus a menos que o previsto, muitos deles fora das especificações técnicas exigidas. (Tribuna de Minas - Juiz de Fora)

 

50 mil veículos estão irregulares em MOC

            Mais de 3,4 milhões de mineiros ainda não quitaram o licenciamento de automóveis de 2018, o que equivale a 36,41% do total da frota. Em Montes Claros, a Receita Estadual aponta que o índice de motoristas que ainda têm alguma taxa pendente é de 27,89%. Levando-se em conta que a frota do município é de 201 mil veículos, o número de inadimplentes pode chegar a 56 mil. São R$ 24,7 milhões que deixaram de entrar nos cofres do Estado. E a nova documentação começa a ser cobrada amanhã para os veículos com placas de final de 1 a 5. (O Norte de Minas - Juiz de Fora)

 

Codau prepara sistema de transposição de rio

            Com entrada no período de seca, Codau dá início a procedimentos para montar a estrutura de captação no rio Claro. No fim de semana, licitação foi aberta para a contratar empresa para locação de gerador destinado ao processo de transposição de água do rio Claro para o rio Uberaba. Apesar da medida, ainda não há previsão para acionar o sistema. De acordo com o presidente do Codau, Luiz Guaritá Neto, o nível do rio Uberaba ainda está normal e a transposição do rio Claro não precisa ser acionada no momento, mas toda a estrutura já será deixada pronta preventivamente para atender com agilidade, se necessário. (Jornal da Manhã - Uberaba)

 

Vacinação de crianças ainda é baixa

            Desde segunda-feira, 25, quando a campanha de vacinação contra a gripe foi ampliada para novos grupos, nas unidades de saúde de Uberlândia foram aplicadas 2.562 doses em adultos de 50 a 59 anos e crianças de 5 a 9 anos. Os dados correspondem ao computado até quinta-feira, 28. As vacinas ainda estão disponíveis para o público-alvo prioritário do início da campanha e serão distribuídas até acabarem os estoques. Uma das maiores preocupações é em relação às crianças e grávidas, grupos em que o índice de vacinação não atingiu a meta prevista, em Uberlândia, chegando a 65% e 60% do total, respectivamente. (Diário de Uberlândia)

 

Alunas de Nutrição orientam crianças

            Alunas do curso de Nutrição do Centro Universitário do Sul de Minas realizaram uma atividade prática com crianças voltada para a montagem de um prato saudável. Através da atividade as alunas buscaram identificar os conhecimentos das crianças a respeito de alimentos saudáveis. Orientada pela Profa. Daniele Caroline Moreira, as universitárias buscaram estimular as crianças a darem prioridade aos alimentos saudáveis, bem como saber identificar os mesmos. Nem todas as crianças participantes da dinâmica souberam montar um prato totalmente saudável, optando por alguns alimentos ultra processados. (Gazeta de Varginha).


ASCOM