COLUNA MG (19 de Setembro)

Publicado em 19/09/2017 - coluna-minas-gerais - Da Redação

COLUNA MG (19 de Setembro)

JF chega a cem mortes violentas em 2017

            Uma centena de pessoas já perdeu a vida em decorrência de ações criminosas este ano em Juiz de Fora. A pouco mais de cem dias para o fim de 2017, a violência continua assustando, mesmo diante da ligeira queda observada, na comparação com o mesmo período de 2016. A cidade mantém a média de uma morte violenta a cada dois ou três dias, amedrontando moradores de praticamente todas as regiões, principalmente de bairros mais periféricos. Até o dia 17 de setembro, 93 homens e sete mulheres foram assassinados na cidade, conforme o mesmo levantamento (Tribuna de Minas - Juiz de Fora) 

Pouso Alegre adia vencimento do IPTU

            O vencimento da primeira parcela e parcela única do IPTU, que estava fixado para 10 de setembro de 2017, foi prorrogado para o dia 25 de setembro de 2017, conforme o Decreto 4.827/2017, assinado pelo prefeito Rafael Simões. Até então, o pagamento em parcela única com desconto e da primeira parcela venceria no dia 10 de setembro. Apesar de o vencimento constar a data de pagamento de 10 de setembro, o pagamento poderá ser feito com desconto até o dia 25 de setembro, basta que o contribuinte retire uma nova guia através da internet. (Jornal O Estado - Pouso Alegre) 

Projeto Vitrine EFG 2017 acontece em Arcos

            Nos dias 20 e 21 de setembro, de 19h às 22h, acontece na Casa de Cultura de Arcos, a apresentação do Projeto Vitrine 2017. Desenvolvido pelos alunos do 3º ano da EFG - Escola de Formação Gerencial / Metodologia Sebrae, é um trabalho que propicia a experiência da aplicação da aprendizagem do empreendedorismo, levando o estudante a colocar em prática, o conhecimento adquirido durante as aulas do Curso Técnico em Administração, que acontece concomitantemente ao Ensino Médio. Os alunos são chamados a buscar oportunidades de negócios no mercado, testar sua aceitação através de pesquisa e elaborar um Plano de Negócio, desenvolvendo todos os estudos de viabilidade econômica, financeira e mercadológica. (Correio Centro Oeste - Arcos) 

"Dia D" acontece na sexta-feira

            O Dia D de Inclusão Social e Profissional das pessoas com Deficiência e dos beneficiários reabilitados do INSS ao mercado de trabalho será realizado em Poços de Caldas nesta sexta-feira, 22, no Complexo Cultural da Urca, a partir das 9h. O intuito da ação é de promover a integração entre as pessoas portadoras do PCD Pessoas com deficiência e os reabilitados do INSS, junto às empresas da cidade, criando uma oportunidade para que elas possam ocupar os postos de trabalho dentro das empresas, conforme o que está assegurado por lei. De acordo com o gerente de Políticas de Trabalho e Geração de Renda da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), Mateus Lopes, diversas empresas na cidade foram notificadas e multadas por descumprirem a Lei 8213/91. (Folha Regional - Muzambinho) 

Uberlândia não vai aderir ao Samu

            A efetivação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na região do Triângulo Norte, que contempla Uberlândia e outros 26 municípios, ainda este ano passou a ser incerta diante da posição da Prefeitura de Uberlândia em não aderir ao consórcio intermunicipal de saúde responsável pela implantação do serviço. Em entrevista coletiva ontem, juntamente com o reitor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e a direção do Hospital de Clínicas, o prefeito Odelmo Leão disse que hoje não há condições técnicas e nem financeiras de apoiar a implantação do Samu, e destacou que a prioridade é com a ampliação de leitos na rede hospitalar de Uberlândia e região. Segundo o prefeito, a gestão anterior, que havia aderido ao consórcio, deixou de repassar R$ 800 mil referentes a parte per capta de Uberlândia. A atual gestão também não fez nenhum repasse este ano. Por mês, cada município contribui com R$ 0,20 por habitante como forma de fazer uma reserva para custeio do serviço. (Diário do Comércio - Uberlândia)

Varginha tem obra paralisada

            Estudo divulgado pela Confederação Nacional dos Municípios mostra que em Minas Gerais há 1.042 obras paralisadas por falta de repasses da União. Em todo o país são milhares de obras que impactam diretamente no dia a dia da população por estarem relacionadas a diversas áreas, como, por exemplo, a construção de praças, quadras de esporte, espaços esportivos, recuperação e pavimentação de vias. Em Varginha merece destaque a construção do Centro de Iniciação ao Esporte - CIE. Orçada em pouco mais de R$ 3 milhões, está praticamente parada, já que no local, apenas um guarda e dois funcionários permanecem. Até o momento, a obra já consumiu recursos dos cofres municipais da ordem de R$ 368.420,50, segundo informações oficiais. (Gazeta de Varginha)

SRS transfere gestãp hospitalar para MC

            A Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros (SRS) iniciou a execução do cronograma de trabalho estabelecido entre a Prefeitura de Montes Claros e o Governo do Estado para proporcionar ao município a retomada da gestão dos prestadores de serviços hospitalares que atendem à população por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Em agosto de 2015, em caráter excepcional, a gestão foi assumida pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG), com o objetivo de garantir o atendimento das demandas da população residente em 86 municípios que compõem a macrorregião de saúde do Norte de Minas. (Jornal de Notícias - Montes Claros)

Ator é premiado com Troféu Chiquitão

            Um artista de Contagem foi premiado por sua atuação no cinema. Gerson Jaime, mais conhecido como Borracha, recebeu o prêmio Troféu Chiquitão, durante a mostra de longas metragens do cineasta Ray Evans, ocorrida entre os dias 7 a 9 de setembro, em Ouro Preto. Nascido no bairro Riacho e criado em Nova Contagem, Borracha é dançarino, cantor e ator. O prêmio Chiquitão oferece a atores, atrizes e técnicos um troféu com a escultura do Profeta Joel, como reconhecimento pelo trabalho realizado no cinema mineiro. O ator contagense participou de vários filmes, entre eles o premiado "Capitão do Mato", do diretor Ray Evans. Mineiro de formação teatral e cinematográfica da antiga escola de cinema de Minas Gerais, suas obras retratam os belos cenários de fazendas centenárias e cidades típicas culturais de Minas Gerais, resgatando personagens que com suas obras ou feitos, contam a nossa historia. (O Tempo - Contagem)

ascom