Produtores brasileiros disputam qualidade de café em concurso internacional

Publicado em 24/09/2018 - agronegocio - Da Redação

Produtores brasileiros disputam qualidade de café em concurso internacional

Cup of Excellence terá etapa final em Guaxupé, sul de Minas Gerais, no mês de outubro

Os cafés especiais brasileiros entram em evidência com a realização do Concurso Cup of Excellence – Brazil 2018. A etapa internacional acontecerá de 15 a 21 de outubro de 2018, em Guaxupé, sul de Minas Gerais. A Cooxupé e SMC – Specilaty Coffees (empresa controlada pela cooperativa) serão as anfitriãs. O evento é realizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Alliance for Coffee Excellence (ACE).

Auditado pela Agricert Brasil, o Cup Of Excellence é o principal concurso de qualidade para café do mundo, que avalia os cafés naturais (sistema de preparo em via seca) e os cerejas descascados/despolpados (preparados pelo sistema em via úmida) no País. Participa desta edição o tipo arábica produzido na safra 2018.

Na pré-seleção já realizada em setembro, as duas categorias (Naturals / Pulped Naturals) selecionaram 150 produtores em cada uma, totalizando 300 amostras validadas pelo concurso. Depois da realização de uma nova avaliação, 80 de cada categoria concorrem à fase nacional que acontece em Varginha (MG), em que os vencedores serão anunciados até o dia 12 de outubro. Dessas 80, apenas 40 amostras do Natural e 40 do Cereja Descascado seguem para a fase internacional.

As análises da etapa internacional contarão com a presença de 28 juízes de países como Estados Unidos, Japão, China, Bulgária, Rússia, Austrália, Índia, Alemanha. No dia 21/10 serão anunciados os produtores de café vencedores das duas categorias.

Critérios de seleção, pontuação e premiação

Concorrem ao Cup of Excellence grãos com peneira 16 acima ou 17 acima. O teor de umidade máximo aceitável pelo concurso é entre 11% e 12%. Em relação à pontuação, a média mínima para a fase nacional é de 84.0 até 85.9. Já a fase internacional define os vencedores com média mínima de 86 pontos ou mais.

Os vencedores nacionais e internacionais terão direito de participar de leilões organizados pela ACE, com o apoio da BSCA, pela internet.

Cooxupé / Phábrica de Ideias