A Folha Regional - Artigos - Zé Nário

NOVA MODALIDADE DE ESPORTE: FUTEBOL DE PÊNALTIS

Em 29/07/2011 - Zé Nário - Zé Nário

A cada nova edição das olimpíadas, novos esportes são incluídos nas competições. Nos jogos acontecidos em Pequim, em 2008, foram introduzidos o ciclismo BMX (corridas em terrenos irregulares) e as maratonas aquáticas de 10 km para homens e mulheres. Para os jogos de Londres, em 2012, foi escolhido o boxe feminino em todas as categorias hoje disputadas pelos homens. Na edição brasileira, em 2016, as novidades serão o rúgbi de sete jogadores e o golfe de 72 buracos.

Veja +

CORAÇÃO BOBO

Em 13/05/2011 - Zé Nário - Zé Nário

Bicho bobo o coração. Vive aos pulos. Pula o tempo todo e, às vezes, pula além do normal. Pula bem acelerado de vez em quando e quase sai pela boca. Só, quase. Nunca ouvi falar que tenha saído, mesmo! E, na maioria dos casos, demora muito para se cansar de pular. Leva muitos anos. Ainda bem que é assim! Se ele parar de pular, babau! Por isso, temos que torcer para ele continuar muito bobão, pulando sem parar, acelerado, assim como se deu comigo nas últimas semanas. Isto é sinal inequívoco de que a vida pulsa intensamente.

Veja +

CORTINA DE FUMAÇA I (Ele tá de olho na butique dela)

Em 25/03/2011 - Zé Nário - Zé Nário

Barack Obama é muito do espertalhão! Veio desfilar sua simpatia aqui pelas terras tupiniquins e não enfrentou nenhum protesto mais radical e efetivo contra as deploráveis atitudes americanas. Isto, acho eu, por causa da origem africana do presidente americano, matriz cultural de grande parte do nosso povo.Parte desse mérito é porque ele também trouxe a esposa, aquela negona extremamente simpática e muito elegante, a Michelle, além das duas filhinhas meio insossas, mas comportadinhas. Isso ajudou muito na conquista da simpatia do povo brasileiro.

Veja +

KIT DE SOBREVIVÊNCIA NO DESERTO

Em 04/03/2011 - Zé Nário - Zé Nário

Você já viu alguém fazendo greve de sede? O que mais se vê por aí é gente fazendo greve de fome. Greve de sede, eu nunca vi! E não é pra menos! Sem ingerir água regularmente, o corpo humano perece rapidamente. Segundo alguns especialistas, o corpo humano resiste cerca de seis dias sem ingerir água e até trinta dias sem comida.

Veja +

PENA DE MORTE E ANGÚSTIA

Em 21/01/2011 - Zé Nário - Zé Nário

Uma semana depois dos trágicos acontecimentos na região serrana do Rio de Janeiro, a visualização das áreas atingidas e a descrição dos dramas dos sobreviventes ainda me enchem de angústia. São imagens dolorosas e impressionantes que as emissoras de TV nos esfregam na cara. Tantas e várias formas de nos afligir e de nos fazer pesarosos para faturar com a audiência. Cenas de guerra em uma das regiões mais belas do Brasil, cuja ocupação data dos primórdios da nação brasileira. Parece que houve um bombardeio ali. E já se fala em mil mortos na tragédia, números muito expressivos para ocorrências naturais dessa estirpe.

Veja +

MEU ANO QUE PASSOU

Em 23/12/2010 - Zé Nário - Zé Nário

Quando vem chegando o Natal invariavelmente já estamos pensando no ano novo. Além da lista de presentes para apresentar ao Papai Noel, temos também uma enorme lista de realizações para o ano vindouro, que é apresentada ao Pai Maior, o Fabuloso Arquiteto do Universo.Via de regra, queremos sempre muito mais do que merecemos: casa nova, carro novo, prêmio da Mega Sena, viajar o mundo todo e outros mais. Pedimos toneladas de felicidade e caminhãozadas de realizações. Solicitamos enormes quantidades de alegrias e as maiores prosperidades possíveis. Fazemos-nos merecedores de todas as benesses do Grande Criador, no próximo período de doze meses. 

Veja +

ACADEMIA MUZAMBINHENSE DE LETRAS SONHO REALIZADO E CONSOLIDADO

Em 23/07/2010 - Zé Nário - Zé Nário

Todos os leitores que manuseiam este jornal sabem que o dia 17 de Julho de 2009 foi perpetuado na história de Muzambinho. Naquela data, nas dependências da Casa da Cultura, foi realizada a solenidade de fundação da Academia Muzambinhense de Letras (AML), congregando os escritores e poetas locais.A emoção tomou conta do salão nobre da instituição, com vários pronunciamentos dos acadêmicos, dos membros da Mesa Diretora e do público presente. E cada um dos homenageados lutou de forma particular com sua emoção. Eu, particularmente, travei uma luta ferrenha com meus sentimentos e quase fui vencido pelo pranto. Resisti bravamente, mas não ousei usar da palavra para os agradecimentos devidos, com receio de perder o controle das lágrimas. Quando a fala foi franqueada aos acadêmicos, eu comecei a lutar com a minha timidez. Queria usar da palavra somente para agradecer a lembrança do meu nome para tão importante distinção, mas não consegui.

Veja +

PHILIP VAN DER MEL, O DÉCIMO SEGUNDO JOGADOR DA HOLANDA

Em 09/07/2010 - Zé Nário - Zé Nário

Muitos leitores tem reclamado do meu silêncio. Ando mesmo muito quieto, contrariando minhas características de falador inveterado. Andam achando que deixei de pensar. Outros acreditam que estou esquentando muito a cabeça e os neurônios foram torrados. Não é nada disso. Nem todos os neurônios foram queimados. Sobraram uns poucos, aqui e ali. E antes que estes últimos desapareçam, vou aproveitar a desclassificação da nossa seleção na copa para falar um pouco e soprar a vuvuzela da decepção. 

Veja +

Abraçando o meu lixo

Em 08/07/2009 - Zé Nário - José Nário de F. Silva

Venho acompanhando com atenção, e alguma apreensão, o desenrolar da polêmica em torno do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Socioeconômico e Ambiental de Municípios da Região da AMOG (CONMOG). Devo salientar que, a princípio, achei este arranjo uma solução interessante e inovadora, apesar de acreditar que cada município deve se virar com o seu lixo. Assim como cada residência deve assumir a administração dos seus rejeitos, o que certamente resultaria em diminuição da quantidade total de lixo.

Veja +

« 1 2 3 4 5