Saúde prepara ações de prevenção e conscientização sobre as Hepatites Virais em Poços

Publicado em 19/07/2018 - saude - Da Redação

Saúde prepara ações de prevenção e conscientização sobre as Hepatites Virais em Poços

28 de julho é o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais. Com o objetivo de alertar sobre a importância de prevenção e de diagnóstico, eventos estão sendo organizados em Poços, pela  Secretaria Municipal de Saúde. No dia 27, sexta, haverá a Barraca da Saúde na Rua Caldasita, no Jardim Kennedy.  A parceria entre as equipes de Estratégia de Saúde da Família do Kennedy I e Aeroporto e do Programa Municipal DST/AIDS, vai levar orientações, esclarecimento de dúvidas e a realização dos testes rápidos à população da zona Sul. No mesmo dia, durante a tarde, haverá mobilização na Praça dos Macacos, também para atendimento da população. “O objetivo é aproximar ainda mais o atendimento do público, porque são doenças preveníveis e porque é muito importante fazer o diagnóstico o quanto antes. São infecções que podem levar a cirrose hepática e câncer de fígado”, explicou a enfermeira Dirce Tomoko Hara Soares, coordenadora do Programa Municipal DST/AIDS. 

As hepatites B e C são consideradas IFTs - Infecções Sexualmente Transmissíveis. Ambas podem ser controladas por meio de medicamentos. As doenças causadas pelos vírus B e C levam a inflamação no fígado. Na maioria das vezes, as hepatites virais evoluem por anos de forma silenciosa e quando há sinais no organismo, a doença já está em estado avançado. Entre os sintomas, pode haver cansaço, tontura, dor abdominal, além de pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. 

Segundo dados do Sinan - Sistema de Informação de Agravos de Notificação, em 2017, foram registrados em Poços, um caso de Hepatite B e 35 do tipo C. Este ano, de janeiro a junho, também foi registrado um caso do tipo B, enquanto que do tipo C, foram 22 registros. “No caso da Hepatite B, o contágio é pelo sangue, por relação sexual e pode ser da mãe para o bebê na hora do parto. Já a Hepatite C é transmitida pelo sangue. E para a Hepatite C, fazemos um alerta especialmente para as pessoas com mais de 40 anos, por se tratar de um vírus descoberto somente no final da década de 1980 e que teve exame instituído nos bancos de sangue a partir da década de 1990. Verificamos maior incidência nesta faixa etária, por isso orientamos que este público procure nossos serviços de saúde para a realização dos testes”, orientou Dirce. 

Todas as unidades básicas de saúde de Poços oferecem o Teste Rápido. O TR acusa se o paciente teve contato com os vírus das Hepatites B e C. O resultado sai em 30 minutos. Trata-se de um teste de triagem. Tendo resultado positivo, o paciente é encaminhado ao Programa Especializado para que seja feito o exame de investigação que comprova o diagnóstico. Há vacina contra a Hepatite B, disponível nas 19 salas de Poços e aplicada em três doses. Contra a Hepatite C não há vacina. 

O Programa Municipal DST/AIDS também realiza os testes de forma permanente. O atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 17h, no prédio da Secretaria de Saúde, na esquina das Ruas Rio Grande do Sul com Pará. “É sempre muito importante e nós apoiamos e incentivamos a realização de ações que  divulguem nossos serviços e que possibilitem o maior número possível de atendimentos”, finalizou o secretário de Saúde, Flávio Togni de Lima e Silva.