Prefeitura de Paraíso realiza 4ª Semana do Consumidor

Publicado em 14/03/2018 - regiao - Da Redação

Prefeitura de Paraíso realiza 4ª Semana do Consumidor

Até sábado, dia 17 de março, acontece em São Sebastião do Paraíso, a 4ª Semana do Consumidor realizada pela Prefeitura de São Sebastião do Paraíso, por meio do setor Jurídico e da Procuradoria de Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon). Na programação, vários eventos como palestras em escolas e faculdades, fiscalização educativa e o 1º Mutirão “Limpa Nome”, com atendimento online e presencial. 

Em parceria com a Libertas Faculdades Integradas, a 41ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Escola Superior de Advocacia (ESA), na quinta-feira, 15, às 19h, acontece uma palestra magna com o advogado e professor Bruno Burgarelli Albergaria Knapp, com o tema “Vícios no Produto e no Serviço”. O evento acontece no anfiteatro da faculdade e é aberto ao público. Toda a programação visa estimular os consumidores a ficarem mais atentos aos seus direitos, tanto é que o tema escolhido pelos organizadores é “Seja um Consumidor Consciente”. 

Na praça comendador José Honório (matriz), haverá o “Procon Itinerante”

— uma tenda para atendimento à população, das 8h às 17h. Nas escolas acontecerá palestras com o tema “Direitos Básicos do Consumidor” e, uma novidade este ano, é o 1º Mutirão “Limpa Nome”. Segundo Fábio Martins de Lima, advogado e coordenador do Procon local, quem tiver dívidas com instituições financeiras poderá apresentar proposta de negociação via online pelo site: www.consumidor.gov.br. “Teremos também atendimento presencial nos dias 13 e 14, das 9h às 16h, na sede da Secretaria de Ciência e Tecnologia (avenida Wenceslau Braz, 1.018 – Lagoinha) onde as dúvidas poderão ser esclarecidas entre as partes”, explicou Fábio. 

Já no comércio, a programação prevê fiscalização educativa, com esclarecimentos sobre direitos e deveres. No encerramento da Semana, haverá distribuição de panfletos e cartilhas sobre direitos do consumidor. Também um material de orientação à população já está sendo divulgado nos meios de comunicação e nas redes sociais. 

ASCOM / texto: Adriano Rosa Silva