FIM DE férias

Publicado em 07/08/2018 - ponto-de-vista - Da Redação

FIM DE férias

Nossa! Já estamos em agosto, no comecinho, comecinho. Julho já se foi. Já era. E as férias escolares se acabaram (14 dias). Antes eram 30 dias! E eu que sou dos trinta e um: último dia do mês e de férias do friorento julho. Acho que o tempo voa. Eis que estamos no oitavo mês do ano. Nosso é o futuro, mas o agora é o que vale. Agosto chegou, trazendo consigo aquele ventinho frio, que nos faz imaginar que as dificuldades estão voando com ele. Nada contra o mês, mas parece fim de festa, não é mesmo? Muito pelo contrário, parece, mas que nada! Vejam o dia 15 tão esperado por todos os brasileiros de boa índole (inelegibilidade). Não temos validade, mas a ficha do candidato sim. Agosto é repleto, quase completo de aniversariantes queridos, do início ao fim. Então, a festa continua. Sinto alegrias, tristezas e brinco com meus netos. Tem aniversários de filhos, netos, sobrinhos, primos, amigos, cunhados e Dia dos Pais... Quer mais? É demais... Tudo é igual quando eu conto ou escrevo e não minto. As saudades de estar longe ou perto... não minto, apenas brinco e o fim de minhas férias não acaba. O amor e a saudade ficam. “A vida é pra valer. A vida é pra levar” (Vinícius de Moraes).  

 

Fernando de Miranda Jorge

Acadêmico Correspondente da APC

Jacuí/MG – e-mail: [email protected]