A VIDA SERIA BOA se assim fosse...

Publicado em 08/11/2017 - ponto-de-vista - Da Redação

A VIDA SERIA BOA se assim fosse...

Se as pessoas se cumprimentassem, mesmo sem se conhecerem. É... Mesmo se conhecendo, às vezes, nem se olham. Por que são assim? A vida seria diferente se as pessoas fossem bem humoradas e já acordassem alegres e felizes. Por que não? Tudo é possível, tudo vale a pena. Às vezes, até tentamos ser diferentes, mas não somos correspondidos: cumprimentamos, agradecemos, e nada de volta. Difícil, não é mesmo? As pessoas... O ser humano... As leis do homem regulam nossas vidas. Elas não transpõem nossos limites e os limites dos outros. É assim que somos e não vamos mudar – os outros. Mudo a mim, então! Neste sentido, não adianta riqueza tecnológica, nem poderio econômico. Somos o que somos e nada vai mudar. O progresso, juntamente com a Educação - uns mais, outros menos educados (por que isso é educação) há diferença, viu? - tem trazido benefícios para toda a humanidade. Ou simplesmente para alguns poucos? Todos os avanços tecnológicos do mundo atual, todo esse poder em nossas mãos tem sido usado para o nosso egoísmo. Vejam: Celulares, Tabletes, Computadores e Redes Sociais. De algum modo, mudou para pior o comportamento humano em geral, em todos os níveis e fases (crianças, jovens e adultos), um em relação ao “outro”. É! Nunca haverá uma criatura igual à outra. Certeza. O lugar, que cada um ocupa, é único. Só dele.

Fernando de Miranda Jorge - Acadêmico Correspondente da APC / Jacuí/MG – E-mail: [email protected]