Os desafios do governo Claudeci em Juruaia

Publicado em 04/02/2018 - politica - Da Redação

Os desafios do governo Claudeci em Juruaia

Governar o município de Juruaia está sendo um grande desafio. A revelação foi feita pelo prefeito Claudeci Divino de Araújo (PSB). Até porque é um empresário do setor cafeeiro e administrar o município é uma situação totalmente diferente de sua realidade. Mas enfrentou as dificuldades iniciais, montou uma equipe técnica e vem implantando seu trabalho. O vice-prefeito Jaime Prado Bardy (PRB), que iniciou o governo ocupando a Secretaria Municipal de Saúde e atualmente contribui com o Executivo, também participou da entrevista.

DÍVIDA MILIONÁRIA

O prefeito declarou que assumiu o município com uma dívida muito grande, somando quase R$ 13 milhões. Para ele, um fato assustador diante de um orçamento inferior a R$ 24 milhões. Mesmo assim, afirmou que o primeiro ano foi de muito trabalho e montagem da equipe administrativa. “Infelizmente pegamos a casa muito desorganizada e estamos organizando a nossa casa”, disse.

Conforme o chefe do Executivo, o maior endividamento se refere ao Fundo de Previdência e INSS. Depois de um trabalho desenvolvido com muita seriedade, no dia 29 de dezembro o município reconquistou a CND (Certidão Negativa de Débito). As dívidas foram parceladas em 200 meses (em torno de R$ 120 mil/mês), com pagamento em dia no ano de 2017, inclusive de valores de gestões passadas. Sem a CND, o município não tinha acesso aos Ministérios, situação que dificultou a conquista de recursos para creche e escola.

Claudeci afirmou que o primeiro ano de governo é o mais difícil, mas renovou a esperança para a continuidade do trabalho nos próximos três anos.

DESAFIOS NA SAÚDE

Jaime Prado confessou o grande desafio que assumiu à frente da Secretaria de Saúde. Até porque encontrou muitos pedidos de exames e cirurgias. O acúmulo demonstrou a falta de estrutura e valorização dos servidores. Também havia um impasse com o Hospital Monsenhor Genésio devido ao “restos a pagar” referente ao mês de dezembro de 2016. Mas o desafio, segundo o vice-prefeito, foi vencido através do diálogo com a diretoria do hospital. Hoje, o hospital é considerado o “carro chefe” da saúde de Juruaia e vem funcionando de forma positiva. Todos pensam no coletivo e no bem comum da população.

No ano de 2017, o setor de saúde trabalhou com vários mutirões, buscando regularizar muitas ações que estavam paradas. Foram realizados mutirões de ressonância e catarata. Houve o retorno das cirurgias eletivas no hospital. Com isso, proporcionando maior qualidade de vida à população. Sensível à causa, o prefeito Claudeci priorizou o setor de saúde. Mesmo assim, o vice-prefeito reconheceu que ainda há muitos desafios a serem vencidos. A administração está traçando estratégias, inclusive com ampliação do atendimento na atenção básica, com a implantação de mais uma equipe da Saúde da Família no bairro dos Gomes. O número de unidades do PSF passa de quatro para cinco equipes, com cinco médicos fazendo o atendimento.

VALORIZAÇÃO DOS SERVIDORES

Claudeci destacou a importância dos servidores para o bom andamento dos serviços públicos municipais. Lamentou o baixo índice de reajuste do salário mínimo pelo governo federal. Em Juruaia, a expectativa é conceder um efetivo aumento salarial de 3% aos servidores ativos e inativos, lembrando que no ano passado foi concedido um aumento de 6,58%. Além disso, um projeto pretende conceder um auxílio alimentação (em torno de 10% e de 100 reais) aos servidores com menor salário. A intenção do Executivo era conceder um aumento salarial maior, mas impossibilitada devido à baixa arrecadação.

RECURSOS DOS MUNICÍPIOS

As prefeituras enfrentam dificuldades com a falta de repasses por parte do governo estadual. Jaime revelou parceria com o Secretário Odair Cunha, reconhecendo que o atual governo assumiu o estado numa situação muito difícil. Neste contexto, o governador vem tentando trabalhar. Mesmo assim, o vice-prefeito manifestou seu posicionamento contrário à retenção dos recursos dos municípios. “Acho que passou da hora do governo rever esta situação e dar o que é de direito dos municípios”, falou.

APOIO POLÍTICO E CRECHE

Claudeci lembrou que está iniciando agora no meio político, sendo oriundo do setor empresarial. Mesmo assim, tem buscado apoio político e conversado com alguns deputados. As promessas são muitas e a esperança de que os benefícios realmente cheguem ao município. Percebe a necessidade de valorizar os candidatos da própria região.

O prefeito voltou a declarar que a construção de uma creche é o desafio maior e principal projeto da atual administração. Fazendo uma comparação com o passado e dívida herdada, entende que o valor seria suficiente para construir oito creches e dois centro de eventos.

TRABALHO NA ZONA RURAL

O chefe do Executivo confirmou a grande dificuldade com a falta de uma cascalheira no município. Assim, agradeceu o prefeito muzambinhense Sérgio Esquilo pela compreensão da necessidade e por ter fornecido o cascalho por um determinado período. Com isso, possibilitando a manutenção da grande malha viária (estradas de terra), beneficiando o transporte das áreas de saúde e educação, bem como o escoamento da produção agrícola e tráfego dos moradores.

ELOGIOS AOS VEREADORES

O vice-prefeito foi vereador no mandato anterior. Com isso, tem a experiência de ocupar mandatos do Legislativo e Executivo. Questionado a respeito do relacionamento entre os dois poderes, declarou que é preciso agradecer a Câmara Municipal, pois os vereadores vem demonstrando um grande amadurecimento político. Todos os projetos do Executivo foram aprovados. Entende que hoje a Câmara tem como foco o desenvolvimento do município. As diferenças existem, mas o relacionamento é considerado muito bom. “Agradeço a parceria em prol do desenvolvimento do município”, falou. Claudeci também valorizou o apoio e agradeceu a postura dos vereadores.

SEM AGÊNCIA BANCÁRIA

Vários municípios da região tem sofrido com ação de criminosos na explosão de caixas eletrônicos, comprometendo o funcionamento de agências bancárias. No caso de Juruaia, o fato atingiu a agência do Banco do Brasil, prejudicando enormemente a população. Claudeci garante que vem atuando junto à instituição para que o funcionamento da agência seja regularizado. Já se reuniu duas vezes com a superintendência do BB, mas as dificuldades são enormes.

EXPECTATIVA PARA 2018

Claudeci foi direto ao analisar o atual momento da gestão público: “Temos que fazer o pouco virar muito”. Mesmo assim, tem a melhor expectativa para este ano, pretendendo mais investimentos em diversas áreas como saúde e educação, nas quais já foi possível renovar a frota do município.

CENTRO DE EVENTOS

Para o prefeito, o Centro de Eventos de Juruaia foi construído para ser um Centro Regional de Convenções. Porém, entende que a obra hoje pode ser considerada um “elefante branco”. A segunda etapa ainda não foi concluída, sendo preciso “dar vida” ao local. Contatos já foram mantidos com o diretor geral do IFSULDEMINAS Campus Muzambinho, Prof. Luiz Carlos Machado Rodrigues, buscando um projeto de parceria. Jaime afirmou que o Centro de Eventos tem sido utilizado para diversos eventos durante o ano, mas ainda é pouco diante da sua grandeza. Chega a defender uma utilização praticamente diária do local.