Deputado Emidinho Madeira lamenta a morte do peão Giliard Antônio

Publicado em 14/05/2018 - politica - Da Redação

Deputado Emidinho Madeira lamenta a morte do peão Giliard Antônio

“Era o Neymar do rodeio”, disse o deputado

 

O deputado Emidinho Madeira, presença marcante nos rodeios e festas agropecuárias da região e um dos maiores incentivadores da cultura regional, recebeu com tristeza a notícia do falecimento do peão Giliard Antônio, natural de Monte Belo, o qual o deputado considerava como “amigo-irmão”. “Acompanhei a carreira do Giliard desde o início e foi um dos melhores e mais promissores peões de touro que vi nos últimos tempos. Era uma promessa em nível mundial. Que Deus o receba e conforte a família nesse momento tão triste”, lamentou o parlamentar.

Giliard Antônio faleceu ontem (13/05), ao ser pisoteado por um touro em uma montaria durante o Monster Energy PBR, na 46ª edição da Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá (Expoingá), em Maringá, no norte do Paraná. O peão integrava a PBR (Professional Bull Riders) Brasil e era uma das grandes promessas do circuito mundial.

 

GILIARD ANTÔNIO VOLTA APÓS UM ANO E DOIS MESES E É RECEBIDO COM APLAUSOS
Matéria da PBR BRAZIL – 27/04/2018

Com o coração cheio de fé e esperança o atleta entra na arena e volta a realizar seu sonho de infância: ser um profissional do esporte mais radical do mundo, a montaria em touros.
Desde criança, Giliard sonhava em praticar esse esporte, sua perseverança fez com que alcançasse seu objetivo. No início o atleta realizava seus treinos escondidos de sua família, que por zelo não queria que ele seguisse essa carreira.
“Sempre que eu falava que queria montar minha mãe dizia que iria me buscar e me bateria dentro da arena. Hoje ela e toda a minha família me apoia, mas ainda tem aquele medo”, disse o competidor.
Mas há um ano e dois meses Giliard teve que se afastar das arenas. O atleta sofreu uma séria lesão na musculatura da bacia, isso fez com que ele precisasse se ausentar das montarias para realizar seu tratamento, momento em que pode contar com o grande apoio do amigo, deputado Emidinho Madeira.
Durante a recuperação, ele precisou ficar na cadeira de rodas por cerca de um mês; logo após iniciaram as sessões de fisioterapia, natação e exercícios de fortalecimento. Foram vários meses de preparação para voltar a montar os touros.
Antes de se afastar o competidor estava indo muito bem na temporada, ele e Dener Barbosa estavam praticamente disputando a fivela de 2016 do Monster Energy PBR.
Voltou a montar na PBR na etapa de São José do Rio Pardo, na noite da quinta-feira (27/04). O atleta foi um dos destaques da noite e recebeu muito carinho dos colegas de montaria e do público, que o aplaudiu quando entrou na arena.
Foi a primeira montaria dele após a lesão e aparentemente ele continua sendo o competidor que conhecemos. Ao montar no touro Ouro Preto (Cia São Francisco) ele lacrou os 8 segundos e ganhou 84,00 pontos. Ao ver o atleta voltar com todo o seu talento para as arenas todos vibraram e comemoraram com ele essa vitória.

Giliard diz que ainda há um sonho a alcançar, ele quer ser o campeão da PBR Brasil e ir para os Estados Unidos competir. “Meu maior sonho agora é competir nos Estados Unidos. No ano passado eu já estava preparando todos os documentos, mas acabei me lesionando. Vou lutar para tentar conseguir uma vaga para ir ano que vem”, contou.

(matéria publicada no site oficial da PBR Brazil, adaptada pela assessoria do deputado Emidinho Madeira)


ascom