Por uma Economia Circular

Publicado em 03/07/2017 - paulo-botelho - Da Redação

Por uma Economia Circular

Economia Circular é o modelo que propõe um melhor aproveitamento de tudo o que produzimos. É a ciência que repensa as práticas econômicas e que vai um tanto além dos conhecidos 3 R´s: Reduzir, Reutilizar e Reciclar. E é o que há de mais elementar. – “O elementar é fundamental” ensinou Arquimedes (287-212 a.C.)
Economia Circular trata, basicamente, de uma mudança em toda a maneira de consumir; vai da concepção dos produtos até a nossa relação com as matérias-primas e resíduos.
Economia Circular ajuda a pararmos para pensar como funciona a inteligência do planeta Terra – esse enorme organismo vivo que, de forma continuada, se refaz. Sua energia é provida pelo Sol e pelos ventos. Todo o lixo de uma espécie é alimento de outra. Tudo nasce para depois morrer e se transformar em energia para o meio-ambiente.
E o ser humano, cada vez mais, desequilibra essa balança e torna difícil para os serviços ecossistêmicos se recuperarem.
No meio-ambiente, restos de frutas consumidos pelos animais se decompõem e viram adubo para as plantas. É o que se conhece como “Berço-a-Berço” onde não existe o resíduo e tudo é nutriente contínuo para um novo ciclo de vida.
Estudos recentes de cientistas japoneses mostram que a Economia Circular é uma solução para minimizar o impacto humano no meio ambiente.

Paulo Augusto de Podestá Botelho é Consultor de Empresas e Escritor. Associado-Docente da SBPC – Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. www.paulobotelho.com.br