Chacais

Publicado em 15/09/2015 - paulo-botelho - Da Redação

Chacais

"Chacal: Mamífero carniceiro, originário da África e da Ásia, mais ou menos do tamanho de uma raposa; come os restos deixados pelos animais de maior porte. – Pessoa muito má e que espreita a desgraça dos outros para beneficiar-se". Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa.

O escritor americano William Faulkner dizia que a angústia do mundo é causada por pessoas entre os 20 e os 50 anos de idade. Só para ficar no Brasil lembro, então, do delegado Sérgio Fleury, do coronel de exército Brilhante Ustra, do ex-presidente Fernando Collor, do motoboy do Parque do Estado, do casal Nardoni, do jornalista Pimenta Neves, do deputado e capitão de exército Jair Bolsonaro, de Suzana Richtofen – e dos irmãos Cravinhos, de Chico Picadinho, do cabo Anselmo e do presidente da Câmara deputado Eduardo Cunha. O leitor, certamente, pode ter uma lista bem maior que esta. Estes chacais ou coisas ruins – e seus simpatizantes – continuam a uivar neste ou no outro mundo. Quando os chacais nazistas ocuparam Paris em 1943, dois generais foram visitar Picasso em seu atelier no Quartier Latin. Ao depararem com o quadro Guernica, um deles perguntou: "Foi você que fez isto?" – E Picasso respondeu: "Não, foram vocês!"

"Por quê coisas ruins acontecem com pessoas boas?" – O rabino Henry Sobel fez esta pergunta ao cardeal D. Paulo Arns. O cardeal respondeu que esta era uma pergunta que Santo Agostinho fazia sempre, sem resposta. Mas, se não há resposta, penso que o mal acaba fazendo o bem aparecer. - Coisa ruim é o próprio Diabo, criatura de Deus, segundo Spinoza.  A  melhor resposta obtive de Raimunda, uma evangélica, nascida em Fortaleza e que trabalhou em minha casa. – "Seu Paulo, o coisa ruim aparece quase sempre como bonzinho, como vítima da vida; não faz outra coisa a não ser infernizar a vida dos outros!"

Paulo Augusto de Podestá Botelho é Consultor de Empresas e Escritor. www.paulobotelho.com.br