FALA VEREADOR - Kléber Olegário da Silva

Publicado em 25/03/2018 e atualizado em 23/03/2018 - legislativo - Da Redação

FALA VEREADOR - Kléber Olegário da Silva

Com apenas 25 anos de idade, Kléber Olegário da Silva, o conhecido “Klebinho do Pedro Peixeiro”, foi eleito para o primeiro mandato como vereador pelo PSL, tendo conquistado 418 votos. Conta que ingressou na vida política atendendo pedido de seu pai Pedro Peixeiro, que também foi vereador em Alterosa. O pai estava doente e Klebinho deixou os estudos fora de Alterosa para retornar à terra natal e ajudar a família.

O vereador relata que não ficou surpreendido com a expressiva votação conquistada. Na verdade, observou o resultado com grande emoção. “Sempre fui do povo”, disse. Como um jovem alegre, cumprimenta a todos e não se esconde da verdade. Com esta facilidade de comunicação, foi reconhecido e recompensado pelo trabalho que sempre desenvolveu em prol da população.

Klebinho revelou a amizade com o ex-vereador Rafael Alemão, que foi candidato a prefeito, mas não conseguiu a eleição. Mesmo em lados opostos na política, a amizade permanece. “É um jovem que, assim como eu, tenta fazer alguma coisa pela cidade”, disse.

ESTILO POLÍTICO

Klebinho revelou que muitos políticos não gostam do seu jeito de fazer política. É um jovem honesto e livre para falar a verdade. Mesmo pertencendo à base de apoio ao prefeito Hermes, se necessário for chama a atenção dos membros da administração municipal. Toma esta atitude porque deseja o melhor para o município.

MINORIA NA CÂMARA

O atual prefeito Hermes tem minoria no Poder Legislativo. Entre os nove vereadores, seis atuam na oposição e apenas três na situação. Klebinho confessou as dificuldades com esta situação. Mesmo assim, defende a união de todos para aprovação dos bons projetos encaminhados pelo prefeito. Caso contrário, o povo é o verdadeiro prejudicado. O mesmo ocorre com os bons projetos da oposição.

Mesmo diante desta situação, o vereador afirmou que a Câmara tem aprovado a maioria dos projetos encaminhados pelo prefeito. Em outro projeto a ser enviado, o prefeito pretende firmar convênio no valor de R$ 5 milhões junto ao governo federal. Segundo o vereador, o projeto não deverá ter teve apoio da maioria na Câmara, mesmo com a possiblidade de execução de diversas obras no município. Klebinho lembrou as muitas indicações feitas pelos vereadores, com reivindicações da população. Mas a falta de recursos financeiros acaba dificultando o atendimento.

CANDIDATO?

O vereador relatou ainda que já recebeu sondagens por parte de lideranças partidárias em Minas para que se candidate a deputado estadual no pleito eleitoral deste ano. 

O jovem vereador esclareceu que estaria analisando a viabilidade dos convites.