A Folha Regional - Artigos - Legislativo

Sonho de sede própria da Câmara de Monte Belo torna-se realidade

Em 31/07/2009 - Legislativo -

No dia 22/07, os vereadores da Câmara Municipal de Monte Belo visitaram o terreno onde será construída a sede do Poder Legislativo Municipal. Também estava presente o arquiteto Adoniran Tristão, autor dos projetos arquitetônico e de engenharia, conforme imagens ilustrativas ao lado.A construção tem 926,36 m2 e está orçada em aproximadamente R$ 593.832,00. O tempo estimado para conclusão da obra é de 3 anos.

Veja +

Democratas intensifica agenda nos municípios

Em 31/07/2009 - Legislativo - Assessoria de Comunicação

O presidente da sigla percorre o estado acompanhado por parlamentares; visitas visam fortalecer o partido para 2010 e ampliar sua bancada federal e estadual De olho nas eleições de 2010 o Democratas está intensificando sua presença em todo o estado de Minas Gerais, com os parlamentares do partido visitando as bases no interior do estado e deflagrando um processo de novas filiações. O presidente estadual da legenda, deputado federal Carlos Melles, confirmou que o Democratas está criando musculatura política para a disputa de 2010, buscando com isso ampliar e fortalecer sua bancada estadual e federal e influenciar decisivamente na sucessão do governador Aécio Neves.

Veja +

Presidente não pagará 13º a vereadores em Guaxupé

Em 30/07/2009 - Legislativo -

O presidente da Câmara Municipal de Guaxupé, vereador Jorge Batista Bento (foto), informou essa semana que diferente do que tem ocorrido nos últimos anos, ele não irá pagar a 1º parcela do 13º que normalmente é pago aos vereadores no mês de julho de cada ano. O vereador adiantou ainda que também não irá efetuar o pagamento da 2ª parcela que deveria ocorrer no mês de dezembro. Segundo Jorginho, existem interpretações divergentes sobre a legalidade do pagamento e que a questão está sendo analisada pelo Supremo Tribunal Federal. Jorginho enfatizou que referente à Guaxupé não existe nenhum TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) ou decisão judicial impedindo o pagamento, mas que existe uma recomendação do Promotor Talles Tácito que será respeitada integralmente.

Veja +

Silene Cerávolo aconselha menos discussão e mais ação

Em 30/07/2009 - Legislativo -

A vereadora Silene Sílvia Cerávolo Campedelli (DEM) atua pela primeira vez na vida política e pública em Muzambinho. Na última semana, a liderança fez um balanço dos primeiros seis meses de legislatura e as polêmicas vividas.PODER DE SERVIR – Numa avaliação sobre os nove vereadores, Silene ressalta a necessidade de muitas mudanças. Principalmente, visando uma maior integração, visão do coletivo, discussão em grupos e observância da ética. “Acho que estamos ferindo a ética em muitos assuntos e atitudes”, disse. Além disso, observa que a população está cansada de briga e quer trabalho. “Temos que agir mais, discutir menos e partir para o trabalho”, falou. Manifestou que o único “poder” que deve existir é de servir. Por fim, acredita que a Câmara tem tudo para dar certo, pois é formada por pessoas inteligentes.

Veja +

Polêmica na aprovação das diárias do Executivo de Juruaia

Em 24/07/2009 - Legislativo -

A reunião da Câmara ocorrida no dia 20 foi marcada por muita polêmica em virtude da fixação de diárias para o prefeito e vice. O projeto recebeu duas emendas dos grupos de oposição e situação. Todos os valores estão descritos no quadro abaixo. No final, foi aprovada a emenda proposta pelos vereadores da situação. Logo em seguida, houve um grave e polêmico pronunciamento do vereador oposicionista Toniel Alves da Trindade (PMDB).

Veja +

Clima tenso na Câmara Municipal de Muzambinho

Em 20/07/2009 - Legislativo -

A entrevista concedida pelo Secretário Municipal de Assistência Social, Luiz Ricardo Bonelli, repercutiu da pior forma possível junto aos vereadores do grupo da oposição. Durante a reunião da Câmara ocorrida no último dia 13, as manifestações foram contundentes. Até mesmo a aprovação do substitutivo da LDO ficou para segundo plano.

Veja +

Impasse com a LDO continua na Câmara de Muzambinho

Em 10/07/2009 - Legislativo -

O impasse com a votação da LDO de 2010 (Lei das Diretrizes Orçamentárias) já se tornou uma verdadeira novela na Câmara de Muzambinho. Isto porque na reunião ordinária da última segunda-feira, 06, a Lei ainda não foi votada pelos vereadores que deveríam estar em período de recesso parlamentar. Alguns legisladores solicitaram que o projeto fosse votado. Porém, o presidente Marcos Donizetti da Silva (“Marquinho da Empresa” – PDT) decidiu deixar em tramitação temendo que o fato se repetisse e a Lei fosse arquivada novamente.

Veja +

LDO é desarquivada pelo Legislativo de Muzambinho

Em 03/07/2009 - Legislativo -

O requerimento apresentado na última reunião ordinária solicitando o desarquivamento da Lei das Diretrizes Orçamentárias de 2010 (projeto nº 3.321) foi aprovado na Câmara. O requerimento foi assinado por 7 vereadores, sendo: Reginaldo Esaú dos Santos (“Canarinho” - PSC), José Alves Ferreira (“Zé Gibi” - PMDB), Mário Donizetti Menezes (PMDB), Silene Silvia Cerávolo Campedelli (DEM), Márcio Dias de Souza (PT), Gilmar Martins Labanca (PHS) e João Batista Poscidônio (PHS). O desarquivamento foi aprovado com 7 votos favoráveis. Durante a votação, apenas o Prof. Otávio se “obstruiu” de votar e preferiu sair do plenário.

Veja +

Requerimento do vereador Otávio perde de "goleada" na Câmara

Em 22/06/2009 - Legislativo -

O vereador Otávio Luciano Camargo Sales de Magalhães (Prof. Otávio – PPS) através de requerimento na última reunião da Câmara de Muzambinho solicitou que fosse enviado oficio ao deputado estadual Antônio Carlos Arantes, protestando contra a verba de R$ 60 mil, por ele viabilizada para construção de biblioteca na E.E. Prof. Salatiel de Almeida. Otávio argumentou que a verba seria insuficiente para construção adequada de um prédio.

Veja +

Para vereador, lixo está se tornando demagogia e muitos discursos

Em 12/06/2009 - Legislativo -

Dentre os diversos temas debatidos na última reunião do Legislativo de Muzambinho, ocorrida no dia 08/06, destaque para a aprovação do projeto de Resolução que coloca um fim na extensa e cansativa leitura da ata durante as sessões ordinárias. Registramos a ausência justificada dos vereadores Silene Silvia Cerávolo Campedelli (DEM) e Gilmar Martins Labanca (PHS).

Veja +

« 3 4 5 6 7 8 9 10 »