Delegação da Caldense segue rumo a Juiz de Fora para jogo contra Tupi

Publicado em 01/02/2019 - esportes - Da Redação

Delegação da Caldense segue rumo a Juiz de Fora para jogo contra Tupi

A Caldense seguiu viagem na quinta-feira (31) para Juiz de Fora-MG, visando a partida de sábado às 16h30 contra o Tupi no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. A Veterana percorreu aproximadamente 330 km em direção à Zona da Mata, sudeste de Minas. Na sexta a tarde a equipe realiza um treino no campo Granbery. O Verdão ficará concentrado no Cesar Park Hotel.

O retrospecto geral do confronto assinala 38 jogos, 14 vitórias da Caldense, 11 vitórias do Tupi e 13 empates. A Veterana marcou 47 gols e sofreu 43. O último triunfo da Veterana contra o Tupi em Juiz de Fora foi em 2011, quando venceu por 2 a 1, com gols de Fernando e Luisinho. De lá para cá foram três partidas no Mário Helênio, sendo dois empates e uma vitória do Galo Carijó.

Na edição de 2019 do Mineiro, o Tupi vem de duas derrotas e dois empates. Na estreia ficou no 1 a 1 com o Tombense, depois perdeu para o Tupynambás por 1 a 0, foi goleado pelo América por 5 a 0 e na última rodada empatou por 1 a 1 com o Villa Nova. Com os dois pontos obtidos, ocupa a décima posição da tabela. A Veterana está em nono com três pontos.

Pelo Verdão, Edu Pina e Renato Silveira receberam o terceiro cartão amarelo e desfalcam a equipe. Leleco e Édipo continuam em tratamento em Poços e também estão fora da partida. Salatiel, Robinho e Tiaguinho, que acompanharam a delegação, seguem em tratamento intensivo para terem condições de jogo. Renan Ribeiro, Rodolfo e Felipe Baiano levaram um cartão cada na competição. Lazarini e Felipe Baiano são os autores dos gols da equipe no campeonato.

A arbitragem ficará a cargo de Jerferson Antônio da Costa, que apitou a vitória da Caldense por 1 a 0 fora de casa contra o Tricordiano e a derrota para o Cruzeiro no Mineirão por 2 a 1, ambas em 2017. Além de Marcus Vinícius Gomes (assistente 1), Bernardo de Souza Pádua (assistente 2), Enivaldo Lopes da Silva (quarto árbitro) e Guido Victorio Baeck (observador).

 


ASCOM / Fotos: (Créditos: Renan Muniz / Caldense)