Cidade de Capitólio recebe 1º Festival de Canoagem realizado em parceria com o IFSULDEMINAS Campus Muzambinho

Publicado em 04/03/2018 - esportes - Da Redação

Cidade de Capitólio recebe 1º Festival de Canoagem realizado em parceria com o IFSULDEMINAS Campus Muzambinho

Atletas com idades entre 8 e 16 anos participaram do 1º Festival de Canoagem realizado no município de Capitólio (MG) promovido pelo Projeto de Canoagem do IFSULDEMINAS- Campuz Muzambinho em parceria com a Prefeitura municipal de Capitólio. O evento aconteceu no lago da Represa de Furnas, no último sábado (24).

O festival contou com palestra sobre a modalidade esportivo e uma competição interna de caiaque e canoa de velocidade entre os polos de canoagem de Muzambinho, Capitólio e Boa Esperança.

O Projeto de Canoagem é coordenado pelo professor Thales Bianchi que ressalta os resultados das parcerias. “ O Campus Muzambinho está no décimo lugar no ranking nacional de canoagem. Além de Campitólio, o festival acontecerá nos outros pólos de canoagem do IFSULDEMINAS”, afirma.

Em suas redes sociais o Diretor Geral do IFSULDEMINAS, Luiz Carlos Machado Rodrigues, mostrou-se orgulhoso com os resultados do projeto. “Estamos levando a oportunidade esportiva aonde as pessoas estão. Quero agradecer ao Professor Thales Bianchi pela competência, persistência, profissionalismo, dedicação, vontade e a liderança em conduzir este projeto, que a cada dia projeta o glorioso nome do Campus Muzambinho no cenário nacional. Precisamos e podemos fazer mais”, explicou o diretor.

A parceria para a implantação do Polo de Canoagem em Capitólio envolve o IFSULDEMINAS- Campus Muzambinho e a Prefeitura do município de pouco mais de oito mil habitantes, situado às margens da represa de Furnas. O projeto começou no ano passado e atende crianças e adolescentes com idades entre 8 e 16 anos para a formação de futuros atletas da modalidade.

O 1º Festival de Canoagem em Capitólio abre o calendário de festivais da modalidade no Sul de Minas. O próximo evento deve acontecer no dia 19 de maio, na Represa do Bia, em Muzambinho.


(TEXTO: CAROL NEGRÃO)