Agromuz conquista ouro para Campus Muzambinho na 8ª edição da OBAP em Bambuí/MG

Publicado em 22/09/2018 - educacao - Da Redação

Agromuz conquista ouro para Campus Muzambinho na 8ª edição da OBAP em Bambuí/MG

A equipe Agromuz entrou para a história ao conquistar ouro para o IFSULDEMINAS- Campus Muzambinho. O time formado pelos alunos Guilherme Teixeira Simões, João Augusto Vilas Boas dos Santos Gonçalves, ambos com 16 anos, e Mauro Aparecido Ambrósio Filho, 17, obteve pontuação total 72,35, ficando com a quinta colocação geral. Os estudantes do segundo ano do curso Técnico em Agropecuária Integrado foram orientados pelo professor Claudiomir dos Santos Silva. Além da Agromuz, o IFSULDEMINAS também foi representado pela equipe Agroking, do Campus Inconfidentes.

A fase nacional da OBAP 2018 aconteceu entre os dias 14 e 16 de setembro no IFMG- Campus Bambuí e contou com a participação de 150 competidores de institutos federais de 27 estados brasileiros, e também de países de língua portuguesa, como Portugal e Angola. 

Premiação

Os primeiros lugares desta edição ficaram com os Institutos Federais Goiano (IF Goiano) e Triângulo Mineiro (IFTM). A cerimônia de encerramento aconteceu no período da manhã, no Centro de Convenções do campus. A classificação final leva em consideração as notas dos competidores na prova teórica, nas atividades práticas propostas na fase final e na elaboração de um vídeo (pitch) sobre Gestão Sustentável de Águas no Meio Rural.

Marcelo Bregagnoli, reitor do IFSULDEMINAS, idealizador da Obap, afirmou a importância da agropecuária para o país, como uma das grandes áreas que sustentam a economia. Ele fez questão de estender seu agradecimento à equipe organizadora, à direção, aos servidores e alunos do Campus Bambuí que estiveram envolvidos na condução das atividades. Explicou que essa edição trouxe mais atividades práticas para valorizar cada vez mais habilidades e técnicas associadas ao conhecimento. “O ensino profissionalizante só terá efeito e fará diferença na sociedade se for aplicado. Por isso, acho que esse momento deve ser acompanhado por gestores e por muitos professores, porque acredito que temos que intensificar a associação da prática com o conhecimento. Peço aos orientadores presentes que levem isso as suas instituições. Precisamos fazer com que essa ideologia seja intensificada”, disse.

Ele também explicou que pretende ampliar o âmbito internacional da Obap. Neste ano, a competição foi aberta a integrantes da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). Cinco equipes oriundas de Portugal e Angola foram classificadas para a fase presencial, mas não puderam participar devido à dificuldade na obtenção de recursos por parte de suas instituições. Para o próximo ano, a competição será estendida à países da América Latina. “Uma olimpíada internacional ligada à agropecuária tem que partir do nosso país, já que somos o maior produtor agrícola do mundo”, enfatizou Bregagnoli.

Parcerias

A 8ª edição da Obap foi realizada pelo Instituto Federal do Sul de Minas (FSULDEMINAS) em parceria com o Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG). A organização da olimpíada conta com o apoio da Empresa Brasileira de Agropecuária (Embrapa), da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec/MEC), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé). Além da equipe do IFMG, também integraram a comissão técnica docentes do IF SUDESTE MG, IFB, IFSP e IFSULDEMINAS.

Próxima Edição

Para o próximo ano, a competição terá mais uma novidade, pela primeira vez, será realizada fora do estado de Minas Gerais. A instituição anfitriã já foi confirmada, será o Campus Foz do Iguaçu do Instituto Federal do Paraná (IFPR).

Resultados anteriores - No ano passado, o IFSULDEMINAS- Campus Muzambinho ficou na sexta colocação geral e garantiu medalha de prata com a equipe Kaxixo.