COLUNA MG (05 de Março)

Publicado em 05/03/2018 - coluna-minas-gerais - Da Redação

COLUNA MG (05 de Março)

 MP pede condenação de 14 políticos

            Quatorze políticos de Sete Lagoas - quatro vereadores e 10 ex-vereadores - foram denunciados pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) à Justiça. Dois deles foram presidentes da Câmara Municipal, o ex-vereador Antônio Rogério Teixeira e o atual vice-prefeito Duílio de Castro. Segundo a ação impetrada pelo MPMG, eles usaram a verba indenizatória (verba de gabinete) de forma "ilícita", gerando "enriquecimento ilícito", o que caracteriza improbidade administrativa. Em sua Ação Civil de Improbidade Administrativa, a promotora Guiomar Neta requer a condenação dos 14 políticos denunciados "pelos atos de improbidade administrativa causadores de danos ao erário", estimados em R$ 507 mil. (Sete Dias - Sete Lagoas) 

Prefeitos reunidos para solução de saneamento

            Vivenciar a realidade  da população e dos empregados da Copasa - Serviços de Saneamento Integrado do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Copanor), com o  objetivo de oferecer soluções adequadas às prioridades em saneamento de  cada município. Este foi  o objetivo da reunião do  presidente da Copanor,  Jean Alves, com prefeitos  de 15 municípios próximos a Teófilo Otoni. A  reunião foi realizada em  6 de fevereiro passado,  na sede da empresa, onde  funciona o Núcleo Operacional de Teófilo Otoni. (Tribuna do Mucuri) 

Parceria visa ampliação em Reabilitação

            Graças a uma parceria firmada entre o Hospital Regional do Sul de Minas e o grupo Unis, cerca de 98 atendimentos são realizados semanalmente no Centro de Reabilitação de Varginha. 14 estagiários atuam nas avaliações clínicas dos pacientes e posteriormente é definida a conduta terapêutica a ser aplicada na reabilitação. São atendimentos fisioterapêuticos usando recursos de cineseioterapia e mecanoterapia aos pacientes amputados nas fases pré e pós protetização e também na orientação e auxílio na reabilitação aos pacientes neurológicos usuários de órteses e outros dispositivos de locomoção. (Gazeta de Varginha) 

Secretaria vai contratar 16 médicos

            A Secretaria Municipal de Saúde de Divinópolis (Semusa) abriu na última sexta-feira, 2, processo seletivo simplificado para contratação temporária de profissionais de saúde. As vagas são para médico generalista, angiologista, cardiologista, médico-cirurgião, dermatologista, ginecologista, infectologista, neurologista, ortopedista, otorrinolaringologista, pediatra, pneumologista, proctologista, ultrassonografista e urologista. Os salários variam entre R$ 2.712,47, com carga horária de 12 horas semanais, e R$ 9.006,39, para carga horária de 40 horas semanais. (Portal Agora - Divinópolis) 

UFJF não confirma curso sobre 'golpe'

            A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) não confirma ou descarta a possibilidade de criação de uma disciplina para abordar temas relacionados ao período histórico recente que abrangeu o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), classificado como "golpe" parlamentar por alguns segmentos da sociedade. Instada pela reportagem, a instituição se posicionou de forma sucinta sobre tal possibilidade, afirmando por meio de nota, que há a possibilidade de que algum professor possa estar elaborando tal disciplina, "mas, até o momento, não há nenhum registro oficial na instituição de oferta de curso com esse conteúdo". (Tribuna de Minas - Juiz de Fora) 

TJMG dá ganho de causa a servidores

            O Tribunal de Justiça  de Minas Gerais (TJMG)  praticamente concluiu o  julgamento do mérito da  Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) que  questionava a legalidade do  pagamento das complementações das aposentadorias  dos servidores públicos  municipais. Resultado: 19  dos 24 desembargadores já  votaram a favor da manutenção das aposentadorias,  trazendo alívio para cerca  de 2.500 aposentados, que  não recebiam a complementação desde 2015. (Jornal Classivale - Ipatinga) 

Uberaba começa ano com saldos negativos

            Depois de fechar mais de mil vagas de emprego no último mês de 2017, Uberaba começa 2018 com saldo negativo na geração de empregos. Em janeiro, o total de admissões e demissões praticamente empatou, mas houve o fechamento de três vagas, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), divulgado neste fim de semana.  No primeiro mês do ano, foram admitidos 2.793 trabalhadores em Uberaba, contra 2.796 demissões, com o saldo negativo de três vagas. O setor de serviços foi o que mais admitiu trabalhadores, com a contratação de 998 trabalhadores, mas também foi o que mais demitiu, rescindindo o contrato de 1.165 pessoas, com saldo de 167 vagas fechadas. (Jornal da Manhã - Uberaba) 

Vacinação funcionará dentro de Hospital

            A nova sala de vacinação que irá atender os recém-nascidos, logo após receberem a luz, será inaugurada pela Prefeitura de Muriaé, na próxima quinta-feira, 8, às 15 horas, dentro do Hospital São Paulo. A finalidade é imunizar os bebês com doses de BCG e Hepatite B, antes mesmo que as mães recebam alta médica e retornem as suas residências. A iniciativa facilitará a vida de mulheres de toda a região, permitindo que os bebês sejam vacinados logo após o nascimento, eliminando a necessidade dos pais precisarem procurar o Centro de Vacinação. Inicialmente, o benefício será apenas para as crianças nascidas dentro da própria instituição. (Gazeta de Muriaé)

ascom