Universidade do Café lança livro com pesquisas recentes em cafeicultura

Publicado em 27/04/2018 - agronegocio - Da Redação

Universidade do Café lança livro com pesquisas recentes em cafeicultura

A Universidade do Café (UdC) publicou o livro “Pesquisa em Café Università del Caffè Brazil, 2013-2017”, uma coletânea de pesquisas realizadas nos últimos anos na área da cafeicultura. A obra tem o propósito de apoiar a difusão dos conhecimentos gerados para a comunidade do sistema agroindustrial do café.

Fundado pela illycaffè, o programa Università del Caffè possui 28 unidades pelo mundo, nas Américas, Europa, África e Ásia. No Brasil desde 2000, a UdC é resultante de parceria entre a empresa italiana e o PENSA - programa de pesquisa em agronegócio da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (USP) e da Fundação Instituto de Administração (FIA) - e visa difundir conhecimento na cafeicultura. No livro, são apresentados sete trabalhos sobre temas de interesse atual:

- A pesquisa em cafeicultura no Brasil: pavimentando o caminho do futuro;             
- Estudos de caso sobre inovação na cafeicultura brasileira; 
- Estratégias contratuais de suprimento de cafés de alta qualidade;
- Direcionadores de mudança na cafeicultura: passado, presente e desafios futuros;           
- Avaliação de riscos de contaminação do café por agrotóxicos;
- Possibilidades de diferenciação na produção de café e o comportamento do consumidor;          
- Secagem do café cereja e cereja descascado, com e sem movimentação e seus efeitos na bebida do espresso.  

Durante estes anos recentes de atividades, a equipe da UdC realizou cursos de qualidade para produtores abrangendo aspectos técnicos e gerenciais. Foram mais de 9 mil participações em seminários, cursos curtos e 5 cursos de pós-graduação lato senso em Gestão do Agronegócio café. Alinhado às necessidades dos cafeicultores, o programa promove, desde 2014, cursos à distância disponíveis no portal universidadedocafe.com.

A publicação teve coordenação dos professores doutores Decio Zylbersztajn, Samuel Ribeiro Giordano e Christiane Leles Rezende De Vita, do PENSA e da USP. Colaboraram pesquisadores do PENSA, da USP e da equipe técnica da illycaffè.

Além do livro em português, foi lançado um e-book em língua inglesa, com o intuito de ampliar o alcance dos resultados. Eles podem ser adquiridos por meio do site: http://www.tanlup.com/pesquisa-em-cafe-1189289.  

Sobre a illycaffè             
illycaffè (http://illy.com.br/) é uma empresa familiar italiana, fundada em Trieste em 1933, comprometida em oferecer o melhor café do mundo. É a marca de café mais global, produzindo um único blend de café espresso 100% Arábica, com grãos provenientes de 9 das melhores regiões produtoras de Arábica no mundo, sendo o Brasil o principal fornecedor. São consumidas mais de 7 milhões de xícaras de café illy por dia, em cafeterias, restaurantes, hotéis, escritórios e residências de mais de 140 países. Precursora do espresso, a illy é considerada líder em ciência e tecnologia do café graças a três radicais inovações. Ao promover o primeiro Prêmio Ernesto Illy de Qualidade do Café para Espresso, no Brasil em 1991, também foi pioneira na compra direta dos fornecedores, compartilhando know-how e pagando preços acima do mercado para quem atinge seus padrões de qualidade, em parcerias sustentadas pelos princípios do desenvolvimento sustentável. Com o objetivo de difundir a cultura do café, fundou a Università del Caffè, fornecendo treinamento acadêmico abrangente e prático para cafeicultores, baristas e amantes do café, a fim de envolver todos os aspectos do produto. Tudo que é “made in illy” é realçado pela beleza e a arte, representando os valores fundamentais da marca, a começar pelo seu logo - desenhado pelo artista James Rosenquist - e incluindo as mais de 100 xícaras da renomada illy Art Collection, desenhadas por artistas internacionais. A empresa empregava 1.290 pessoas em 2017, quando registrou receitas consolidadas de 467 milhões de euros. Existem aproximadamente 244 lojas illy em 43 países.

ascom